Atualização sobre a vacina para Herpes Simplex 2 (HSV-2) do Laboratório Admedus

Oadmedus_manufacturing_facility_358_5570db0ecf8a3 progresso na vacina para herpes genital continua sendo feito pela Admedus, com os participantes que iniciaram a fase 2 agora começando a tomar a sua segunda dose da vacina.
Os primeiro dados do estudo sobre a eficácia e segurança da vacina são esperados para o último trimestre de 2015, com os resultados finais esperados para 2016.
O estudo continua com o recrutamento do número requerido de participantes até o meio do ano, com centenas de pessoas já registradas para participar.
A vacina terapêutica para HSV-2 do Admedus é baseada na plataforma inicialmente desenvolvida pelo Professor Ian Frazer. A tecnologia dela foi desenvolvida para habilitar, aumentar e ajudar o corpo a lutar contra doenças como a herpes genital.
“O estudo está progredindo extremamente bem, e nós prevemos que as inscrições estarão totalmente preenchidas nas próximas semanas, com resultados provisórios programados para o final do ano. Até esta data, a segurança do estudo tem sido muito positiva,” disse o CEO Lee Rodne.
“Os primeiros participantes do estudo receberam agora a sua segunda dose da vacina. Atualmente, 70% dos participantes requeridos no estudo ou estão fazendo exames ou já receberam a sua primeira dose, então estamos no caminho.”

http://www.proactiveinvestors.com.au/companies/news/62766/admedus-moves-to-second-dose-of-herpes-vaccine-62766.html

Abraço a todos,
Eduardo Rosadarco.

Anúncios

212 respostas em “Atualização sobre a vacina para Herpes Simplex 2 (HSV-2) do Laboratório Admedus

  1. Olá, Eduardo!

    Você sabe informar se essa vacina serve para que já tem o vírus? Eu acredito que ela não trará a cura, uma vez que o vírus se esconde nas células, mas se ela servir para evitar as crises e/ou contaminação dos parceiros, seria um ganho enorme para os portadores.

  2. Aí sim eiiiin !! Então .. Estava um tempo sem crise e fui inventa de tomar umas cachaça e pimba ..dia depois fui urina e lá estava o safado hueheueheueheueheue que tosco .. Já está indo embora essa crise . Mesmo eu vivendo bem em relação a herpes, claro q espero a cura com todas as minhas forças igual a todo mundo ..

      • Desde ano passado .. Não sei ao certo quando foi .. sei que a danada estava em crise pelo jeito. E nem reparei nada .. deve ser por dentro da vagina sei lá .. a culpa foi minha pois nem usei camisinha e ela é uma amiga minha mas eu dei mt mole

      • Também penso o mesmo que vc. A culpa foi minha também que não me cuidei. Sem contar que mesmo com camisinha pode transmitir dependendo do lugar da lesão. As vezes a pessoa nem sabe que tem. É algo que infelizmente não podemos controlar. Abraços amigos, torço para que vocês fiquem bem.

    • Adorei seu jeito de expressar, me diverti muito, espero chegar a esse nível de paz interior em relação a esse vírus que não é facil… Mas como é raro ver comentários animadores, achei legal dizer que me motivou a não colocar esse “problema” em foco…

  3. Nossa fui infectada em dezembro de 2014 tive uma crise horrível, fisicamente e psicologicamente também, venho acompanhando o blog e tirando forças pra continuar com uma vida normal, não tive mais bolhas até o momento, mas todos os dias aguardo novidades sobre a vacina que pra mim é motivo de esperança…

      • Em um ano tive 4 crises mesmo tomando remédio e vitamina. O problema é que muito estresse ativa a doença e isso é impossível de controlar. Temos que nos adaptar. Abraços meninas.

      • Eu tenho desde abril de 2014, tinha as crises direto.
        Na minha primeira crise o medico safado passou penvir 125 q é muito fraco e minhas recorrencias eram diretos edepois q mudei de medico estou fazendo o tratamento supressivo desde janeiro e ate agora nenhuma crise, raramente tive podromos e nao estou tomando l lysinas, so aciclovir 400 e vitamina c com zinco.
        vou tomar lysina esse mes

    • Camila, eu peguei essa danada faz uns 2 meses e ainda estou na primeira crise, estou apreensivo com relação a essa vacina, já que você acompanha , quando tiver novidades informa por favor. Desde já obrigado.

  4. O mundo aguarda, com muita expectativa, pelos resultados dessa vacina. Em estudos pré-clínicos, em animais, ratos, essa vacina foi capaz de imunizar (100%) os não infectados pelo herpes HSV2 e tratar os infectados, reduzindo em (100%) as recorrências. A vacina visa limpar o sangue do vírus, quando este saia do estado latente e caia na corrente sanguinea, ou seja, a vacina vai estimular a produção de células T, células assassinas, responsável por eliminar as células que venham a ser infectadas pelo vírus na corrente sanguinea, bem como estimular a produção de anticorpos, através das células B, para combater diretamente o vírus. Essa vacina busca direcionar o nosso sistema imunológico para lutar de forma mais eficaz contra o vírus. Nosso sistema imunológico sozinho não tem sido capaz. Torçamos para que os resultados pré-clinicos se concretizem em humanos. Abs. Fonte: http://www.news-medical.net/news/20111010/753/Portuguese.aspx

    • Oi pessoal,
      Descobri que tenho herpes genital, mas os resultados dos exames de sangue identificaram que tenho o HSV-1 (tipo 1) e não o HSV-2 (tipo 2).
      Alguém saberia dizer se existe algum outro grupo de estudo ou laboratório trabalhando na vacina para tratar o tipo de herpes genital HSV-1? Ou se a vacina para o HSV-2 poderia ser indicada para tratar também quem tem herpes genital tipo 1 (HSV-1)?

  5. Que notícia boa, sempre que entro no blog e vejo notícia da vacina até me animo!! Dá vontade de participar dos testes, se fosse mais perto iria me candidatar. Vamos torcer!

  6. Oi Sol, eu tive uma crise muito forte, achei que teria muitas outras, mas nas pesquisas que fiz, escolhi tomar o enax sempre que sinto que alguma coisa está diferente e também tomo vitamina c com zinco…ainda não tive outras crises com bolhas… E peço todos os dias pra que Deus abençoe nossas vidas com a cura..

    • E Camila demorou muito sua primeira crise? A minha não deu muito forte , porém já estou com mais de 40 dias com a primeira infecção, to bem preocupada 😦

      • Sol, minha primeira infecção demorou muito pra passar, foi mais de um mês tb, parecia que os remédios e pomadas não faziam efeito. Vc está tomando alguma coisa? O remédio que teve mais eficácia pra mim foi o Valtrex. Fui na ginecologista e em uma infectologista, não sei se está fazendo acompanhamento médico mas talvez seja bom pegar uma segunda opinião, a infectologista me ajudou bastante.
        Faz um ano que tenho a doença peguei do meu ex namorado que não teve a decência de me contar que tinha.
        Depois da primo infecção só apareceu de novo 10 meses depois em um momento de stress, essa segunda crise demorou 15 dias pra sarar.

        Camila, a notícia dessa pesquisa de cura tb me deu esperanças, vamos torcer.

      • Então Júlia já tomei por conta própria 5 caixas de aciclovir, pq o ginecologista não me passou nada, fui na infectologista alguns dias depois e ela me disse não parecer herpes e sim foliculite , me pediu o exame IgG, que já sei vai dar reagente pois tenho herpes labial a 10 anos , acho q por conta disso minha crise genital deu fraca,,, agora vou de novo no ginecologista , vamos ver o que ele me diz ,

      • Sol,

        Pede pra fazer o exame igg pra tipo 1 e 2 separado, assim terá certeza se tem os dois tipos. Eu pedi pra médica fazer assim e deu que meu é tipo 2 mesmo. Não são todos laboratórios que fazem separado mas vale a pena achar um que faça, veja com sua médica ou com o convênio.
        Não fiz nenhum tratamento supressivo nesses 10 meses, a única coisa que tomei foi penvir por apenas 20 dias pq uma ginecologista receitou mesmo sem estar com crise mas acho que é mais emocional mesmo, só reapareceu num momento de stress.

  7. Oi sol, minha crise foi intensa, mas durou 15 dias, fui no pronto socorro assim que vi as bolhas, e o médico bem negligente me disse q não dava pra diagnosticar e me passou antibióticos, na esperança se ser uma bactéria que tivesse cura, comprei os remédios, mas não surtiu efeito, fui a outro hospital com uma semana e ai fui diagnósticada com herpes e me receitou aciclovir 400 mg a partir daí comecei a melhorar e uma semana já estava com as feridas cicatrizadas, a única coisa q não sagrou foi minha alma…

    • Sinto a mesma coisa, não me conformo e é muito difícil lidar com isso. Desde que peguei parece que sou outra pessoa, parece que não sou mais eu. Eu sempre fui alegre e agora parece que não consigo mais, por mais que eu me anime sempre vem um pensamento de que não é mais a mesma coisa, de que nunca mais vou poder ter uma vida normal (sem me preocupar de que tenho que tomar remédio, se for viajar que tenho que levar etc). E quando penso a hora que conhecer alguém não acho que vai me aceitar com isso, eu sei que todos falam que se ele gostar de mim de verdade não vai se importar mas gente quem quer ficar com alguém correndo o risco de pegar e eu jamais faria o que meu ex fez, simplesmente como se ele não tivesse nada, nunca falou, só descobri depois que já tinha pego, uma sensação horrível de ter sido engana por alguém que amava e confiava.
      O que me deu um pouco de força foi essa vacina, quero acreditar que vai dar certo mesmo que seja pra daqui uns 2 anos.
      Outra coisa que me deixa muito triste tb é que SE der certo de casar com alguém que aceite isso outra preocupação é pra ter filho, tem que fazer tratamento supressivo antes e durante o começo da gestação (não pode ter herpes nos 3 primeiros meses de gestação) vai ter que ser planejado e sempre pensei em tentar parto normal outra coisa que já fica fora de cogitação, mesmo com tratamento supressivo os médicos não recomendam e eu mesma não teria coragem de ter um bebe de parto normal sabendo do risco de contaminação.
      Essa doença pra mulher é ainda pior.

      • Verdade Júlia pra nós mulheres e bem pior mesmo, eh muito angustiante, to num estado de ter medo de tudo, fico pensando no futuro de como vai ser , eh muito difícil,,, mais temos q ser fortes , com fé em DEus ,essa vacina sai e com certeza irá nos ajudar

  8. Oi Edu! Acompanho o seu blog já há algum tempo mas nunca tinha comentado. Descobri que tenho herpes genital no final do ano passado, tive uma primeira crise horrível, muito forte mesmo. E ultimamente tenho crises todos os meses, eu praticamente nem sei mais o que é não ter herpes, não dá nem pra tentar esquecer! Bom, eu comecei a tomar lisina e vitamina C com zinco, faço exercícios e tenho alimentação saudável mas parece que não tá surgindo muito efeito pq é uma crise atrás da outra, ou nem cura direito, sei lá. Eu já to desesperada! Procuro não ficar tomando aciclovir, até pq é muito caro tbm, e já não sei mais o que fazer com essas recorrências. Mas o pior de tudo é o emocional, cada dia que passa eu fico mais triste, eu não levo uma vida normal com essa doença e como as meninas falaram aí em cima, o meu maior medo é de ficar sozinha, de ninguém me querer assim. Do jeito que eu ando tendo crises, se eu fosse casada, meu marido já teria me largado! Bom, na verdade eu só queria mesmo desabafar, pq não tenho coragem de contar isso pra ninguém e até por isso, me sinto mais sozinha ainda. Obrigada pelas informações que você coloca aqui, por favor, não pare, pois tem muita gente que precisa, assim como eu! Abraço!

    • Oi Renata,

      Você está no caminho certo com a lisina e vitamina C, porém recomendo que vc faça um tratamento supressivo com aciclovir. Você pode pedir para o seu médico receitar e colocar na receita “uso contínuo”, então você pode retirar na farmácia popular da sua cidade. Muitos já falaram aqui que assim dá para pegar o aciclovir de graça.
      Outra coisa muito importante é você tentar controlar o seu emocional. Fortes emoções negativas afetam muito o nosso sistema imune e já foi relacionado a aumentar a frequência das crises.
      Portanto, tente se acalmar, vai dar tudo certo, você vai conseguir se adaptar a isso. HA… e você não vai ficar sozinha não…esse é um medo muito comum para quem pega essa nossa doença,
      e só vai acontecer se você deixar este vírus (e o que você pensa sobre ele) te derrubar.
      Não posso deixar de recomendar o meu livro para mais informações detalhadas.
      Abraços,
      Edu

      • Obrigada pela força! Sempre que leio os comentários aqui me sinto melhor pois vejo que não estou sozinha. Como disse, vinha com umas crises sem fim, acabei comprando algumas caixas de aciclovir pq realmente precisava de um “tempo.” Vou marcar uma consulta pra ver sobre esse tratamento supressivo pq já estou triste pq sei que quando o remédio acabar as crises devem voltar. =( Eu não encontrei farmácia popular por aqui e as dos postos de saúde não tem o aciclovir, isso me desanimou um pouco no começo pq esse remédio é bem caro e pra tomar direto ficaria impossível, mas curiosamente achei uma farmácia aqui que está vendendo ele bem mais barato, agora sim é possível investir no tratamento supressivo. Às vezes eu penso, poxa, se tanta gente tem herpes pq diabos esse remédio é tão caro?! rs. Ainda bem que os genéricos estão aí pra isso, mas essa notícia da vacina deu um super ânimo, pq se já está em fase avançada assim, dá pra ter fé que daqui a uns poucos anos já tenhamos a cura ou pelo menos um tratamento mais eficaz que não seja tomar remédio todo dia. Oremos!

  9. Oiii galera fui ao infectologista, ele me receitou tomar uma vacina pra herpes, juntos com aciclovir pra diminuir as recorrência das crises. Alguem aqui já faz uso dessa vacina ?

    • O que eu fiquei sabendo é que existem vacinas, mas que são terapêuticas, ou seja, não tem comprovação científica….ex: Lupidon G.
      Minha infecto disse que não funciona….. mas gostaria de saber qual é. Assim que puder passe para nós =)

    • Tire isso da sua cabeça! Pergunte-se: O que um tetraplégico não daria para ter o que você tem? O que um cego não daria para ter o que você tem? O que um paciente com câncer em estado terminal não daria para trocar de lugar com você? Aprendi que essa doença só toma a proporção que toma porque nossa sociedade é preconceituosa e lança um stigma sobre tal doença. Mas lembre-se você não deixou de ser a pessoa que era! Isso não tirou sua capacidade de ser feliz ou de fazer os outros felizes! Não tirou sua capacidade de amar e muito menos a de ser amado! Se aceite pois você não deixou de ser especial e não perdeu a possibilidade de ter uma vida extraordinária!

    • cara te entendo tenho crises todas as vezes que transo e ta realmente desanimador tentar controlar esta doença os remedios são todos caros e mesmo assim semana apos semana tenho crises, mas não me entrego sonho que até 2020 esta vacina já esteja circulando pois eu compraria nem que fosse da china

  10. Bom dia!!
    Se eu fizer o tratamento supressivo e usar camisinha nas relações sexuais, o meu parceiro estará 100% protegido?
    E se fizer o tratamento supressivo e não usar a camisinha, o meu parceiro estará protegido também? E se só usar camisinha sem o tratamento supressivo?

    • Flavia não é 100%. As pesquisas indicam q o uso de camisinha reduz em 50% , pois a área afetada pode nao ser coberta pela camisinha e mesmo em lesões visíveis, pode haver transmissão. O uso de medicação supressiva também indica uma redução em 50%. Ou seja, melhor e usar os dois. É o q to fazendo.

      • Minha infecto disse que não há nada que comprove que pode se pegar herpes sem ter as lesões abertas. Ela disse que as pesquisas sobre isso não foram bem aceitas pq faltou comprovação científica. Ela me disse que posso fazer sexo sem camisinha se não tiver lesões nem pródomos. No livro do Edu ele mesmo diz que tbm não acredita mto que possa contaminar outra pessoa sem ter as lesões nem pródomos. Não existe esse dado de 50% não.

      • O edu tem falado sobre isso MSM, que sem as lesões a um risco menor de transmissão, mais no caso de nós mulheres , o que mais me preocupa e o fato de não ter certeza de uma crise, pelo fator anatômico de nosso órgão genital, que dificulta um pouco, pois se estivermos com uma bolha ou firidinha interna e não constatamos , poderemos transmitir .

      • Exato. A camisinha é um método muito bom de evitar a transmissão mas não é garantia total, porque o vírus pode criar lesões ou ser transmitido entrando em contato com a pele em áreas que ela não cobre.
        Att,
        Eduardo Rosadadrco

  11. Boa noite!
    Estou tendo crises uma atrás da outra e depois que a feridinha some, fica uma marquinha. Quanto tempo demora pra essa marquinha sumir? Ou não some?

      • Olá edu estou em desespero, ainda não sai da primeira crise genital, e agora me apareceu uma bolhinha no olho, q não incomoda muito , mais antes de sair deu uma coceirinha no olho, meu deus como posso ter passado pró olho tbm, to muito mal

      • Alguém tem um caso parecido,, meu deus , da vontade de morrer ,só para não passar por esse sofrimento, já tinha herpes labial a muito tempo, agora genital e ocular tbm , vou no oftalmo , para confirmar,

      • Oi Edu, Minhas crises sempre deixam marcas principalmente que tenho muitas crises em media duas vezes por mes passo hidratantes para melhorar a marca da cicatriz as antigas sumiram mais as atuais de 2 meses atras ainda estão as marcas. nao sei mais oq fazer.

  12. Edu

    Vc que acompanha há mais tempo as notícias de cura, já deve ter saído outros estudos anteriores.
    De tudo que vc já viu ao longo dos anos, essa pesquisa parece ser mais promissora?
    Ou já teve outras pesquisas que pareceram tão boas quanto essa mas não deu em nada?

  13. Eu estou um tanto ansiosa com a chegada dessa vacina, mas em fevereiro tive duas crises bem fracas de rapida cicatrização e desde começo de Março até hoje, nunca mais me apareceu nada. E olha que nao estou fazendo mais nenhum tratamento, to comendo até chocolates, comendo tudo o que me vem pela frente kkkkk estou dormindo muito pouco devido a alguns problemas familiares e a correria do dia a dia, até pra beber uma cachaça alguns finais de semanas estou bebendo e nem por isso tudo tive crises… 3 meses sem nenhuma crise mesmo nao obedecendo as regras, estressando facil, comendo qualquer coisa e os demais citados acima. Eu me enxergo como uma garota normal e saudável afim de fazer tudo o que fazia antes de ser portadora do vírus, tive uma virose esse mês que me fez ficar de cama por 3 dias, com dores pelo corpo e uma leve gripe mas a herpes nao se manifestou por fora. Mas nao perco a mania de me olhar no espelho ao acordar e varias vezes ao dia, é sempre bom vÊ se tem algo nascendo ali, tenho um espelhinho proximo a minha cama e sempre dou uma verificada. Mas sinto que devo parar com essas coisas e enxergar que nao é pq não tenho mais crises que devo estrapolar com os hábitos que desafiam o vírus, posso fazer uma vez ou outra, só que estou fazendo todos os dias. Espero nunca mais ter crises, nem sinal, nem nada! Preciso parar de desafia-lo 😦 so quero me imaginar sendo um alguem saudavel que nao tem nada e que so quer se entupir de chocolates e coisas que nao tendem a encher o estomago, mas sim o ego. Tenho que lembrar que tem algo ruim vagando dentro de mim. Estou começando a ter ataques de cÂndida por meio de corrimento vaginal, mas um cuidado aqui, uma higienizaçao ali ela desaparece um pouco (isso é o de menos para mim). Só quero que essa vacina chegue logo ❤

    • Que maravilha Vanessa lendo seu relato me da muita esperança, em voltar a me sentir uma pessoa normal, o que no caso não está acontecendo , devido a essa crise que nunca mais acaba , 😦

      • Sol, a doença não é so uma questão física mas sim emocional… eu a descobrir em 4 de Janeiro de 2014 e confesso que demorei milhas pra me aceitar do jeito que eu sou hoje e por vê que quando eu estava namorando ele me queria assim mesmo, nunca perdeu o desejo por mim, não teve medo de me tocar, entao isso me ajudou muito a vê que meu emocional é que me deixava debilitada ao extremo mas hoje me sinto um pouco inferior pq estou tendo corrimentos. A cândida me pegou de jeito oh e nao estou tendo melhoras com as pomadas e estou querendo recorrer a terapias naturais. Quando minha vagina ta livre de uma coisa, me aparece outro problema, mas nao me deixo abater. Estou 3 meses sem a herpes e estou fazendo tudo de volta o que deixei de fazer quando descobrir ser portadora, mesmo sem tratamentos. Eu acordo feliz e durmo feliz, faço academia, pego sol, me bronzeio, me cuido esteticamente, sou todo tempo arrumada, bonita e cheirosa. Não há nada melhor que se sentir bem consigo mesma, eu sei que voce tambem vai conseguir se livrar das crises por muito tempo… se vc morasse perto de mim eu te ajudaria todos os dias a acabar com elas ❤ assim como eu me ajudei sozinha e conseguir. Veja o que esta prologando suas crises, o que vc esta fazendo para tentar fazer parar?

  14. todos aqui estão com esperança nessa vacina, tenho fé que ela vai dar certo,
    quero minha vida de volta não aguento mais pensar nessa doença 24 por dia..
    abraço a todos.

    • Se DEUS quiser essa vacina vai dar certo porque já se tornou um sonho acalentado por todos desse blog e por inúmeras pessoas do mundo inteiro

  15. Ou Edu
    Estou para comprar seu livro. Fui diagnosticado tem uma semana sobre herpes. Estou usando apenas a pomada, levando uma vida normal. A cabeça ė que vira um parafuso, mas to enfrentando.

    • Oi Gustavo.
      Realmente. a cabeça dá uma pirada, principalmente no início. Sei como é.
      Mas aguente firme aí porque garanto que tem como se adaptar a isso, e no fim você vai ver que não é tão ruim como parece no princípio.
      A pomada ajuda, mas o comprimido tem um efeito muitas vezes superior.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  16. E aí cambada sz .. tem uma frase que eu gosto de usar
    -tem certas coisas que não merecem minha dor
    E essa droga de herpés não merece mesmo a nossa dor . Não vou PERDE nada da minha vida por causa dele. Não vai roubar minha felicidade e não é digno da minha dor . Bjos para as meninas sz e prós manos um abraço

    • Ooo Vanessa muito obrigada pelas palavras, to muito mal mesmo, mais tendo fé que uma hora isso vai passar e vou conseguir controlar isso, vamos conversar pelo amizade positiva lá te passo wats, to precisando muito de ajuda , bju fica com deus

  17. Tenho um recado importante pra todos que estão tendo uma manifestação: Vocês não estão sozinhos. Eu sei como é sentir essa sensação de impotência ao perceber que uma ferida vai aparecer, principalmente quando é antes do final de semana. Mas quero tranqüiliza-los, vamos juntos combate esse vírus, afinal já somos meio bilhão de infectados (hsv2) em todo o mundo.

    Indo ao que importa, papo de homem, vou passar pra vocês todo o meu conhecimento sobre o assunto. O herpes é um vírus benigno. Nada mais do que uma doença de pele. Transmissão assintomática? Difícil. Meu urologista mesmo falou que se não houverem lesões é difícil haver transmissão. O termo transmissão assitomática é apenas aquelas garantias do tipo: seu pneu pode furar e seu carro pode capotar ou um raio pode te atingir. Você pode dar o azar de ter uma crise no meio do sexo, mas é difícil. Ainda mais porque você vai ser responsável e vai tomar antiviral antes, sem esquecer de usar camisinha (não com medo de transmitir nada, mas sim se prevenindo de pegar AIDS né, porra!)

    Agora que você sabe que tem o vírus, tenho algo interessante pra te falar: existe um tratamento disponível que pode ser aplicado sobre as lesões e que tem uma eficácia MUITO superior ao creme aciclovir( que é uma bosta por sinal). Esse tratamento não é disponível no Brasil, trata-se de uma fórmula baseada em um produto do kit médico de guerra dos soldados americanos que visa curar feridas muito piores, te garanto. Não estou falando de um produto fictício amigos… Ele é comercializado nos EUA e tem eficácia comprovada por artigos científicos. O lance é o seguinte, ao sentir que uma crise vai começar ou caso já tenha começado, deve-se aplicar o produto sobre a ferida e ela SECA, sua coloração muda é o processo de cicatrização começa IMEDIATAMENTE. Boa novidade né? Mais ou menos porque o preço é de 100 dólares e você provavelmente votou na Dilma, então o dólar tá mais de 3 reais, seu otário(otária) petista. O nome do produto é dynamiclear, o site pra comprar é dynamiclear.com, se quiser conferir no Google pode conferir e se quiser me agradecer me agradeça por aqui.

    Resumo da operação: não tome refrigerante, pare de fumar cigarro, coma vegetais no seu almoço, evite carne vermelha, corra, malhe, ame. Previna-se, use camisinha. Faça tudo isso pela sua vida, não pelo herpes. Ele é apenas um relógio chato que diz: vc tem muito açúcar no sangue, voltei. Ou: você bebeu demais, voltei. Entendam que ele só mostra como seu organismo fica fragilizado e isso não é algo ruim! Tenho amigos que estão literalmente detonando a saúde e quem vai bater na porta deles pra avisar que tá chegando não é o herpes não! É o câncer caralho! É a obesidade, a demência! Somos sobreviventes, entendam isso! A responsabilidade de cuidar do seu organismo é sua! E outra, seus pensamentos devem ser controlados também, eles que causam o stress é isso pode te levar no mínimo a uma crise de herpes, no máximo a um infarto, então se ligue.

    Pra finalizar, o ideal de tratamento é o seguinte: seguir o plano de saúde e cuidar de vc mesmo. Ao sentir que a crise vai vir, aciclovir antiviral. Se vier, dynamiclear e PIMBA, em 3 dias sarou. Em no máximo 2 anos teremos a vacina e estaremos imunizados, mas nunca se esqueçam da lição de vida que o vírus trouxe pra nos, nosso organismo é frágil e a hora de cuidar da saúde é agora!

    Grande abraço a todos vocês guerreiros.

    • 👏👏👏👏👏👏👏
      Estou digitando com os pés porque com as mãos estou aplaudindo!!!
      Adorei o texto e vou salvá-lo para ler sempre que estiver meio pra baixo por causa do vírus. Esse texto me emocionou e me encorajou! Obrigada pelas palavras.

      • Cara gostei demais. me pareceu até uma ordem de um saldado, cara conheci uma pessoa que me passou todas essas dicas mais não me passou essa positividade vale mesmo.

    • meus parabéns!! digo o mesmo. você com esse texto acima, ajudou muito, á todos que precisam de muito força.
      Galera 1° crêr em Deus . e depois tenho certeza que essa virús vai virar história de pescador, que possamos á partir de agora reconstituir nossa base( á família).

  18. Olá pessoal estava querendo experimentar Goji Berry pq ela aumenta a imunidade, mas aí fui pesquisar e vi que ela tem arginina tb. Seria um tiro no pé para a Herpes? Alguém já experimentou?

    • Oi MsSiverEyes,

      Todas as “berryes” são muito boas para o sistema imune. Traduzindo para o nosso português… framboesa, amora e mirtilo.
      Não somente a Goji berry, essas outras também são aliadas da imunidade.
      Sobre a arginina contida nela… acho que o benefício que ela pode proporcionar é maior que a pequena quantidade de arginina que pode existir, ainda mais porque a quantidade dessas berrys que agente consome não é muito grande.
      Se você tiver um link de onde viu a quantidade de lisina/arginina especificamente na goji berry, por favor me envie porque isso me interessa.
      Abraços,
      Edu

      • Olá Edu, eu não li nenhum artigo científico só sites do Google mesmo, esse por exemplo diz que é 16% da fruta, se vc experimentar e tiver um retorno positivo me avise.
        http://alimentoterapia.blogspot.com.br/2012/04/fruto-goji-berry-baga.html?m=1
        Eu estou com uma crise de duas semanas de herpes, mandei manipular lisina 500mg e estou tomando vitamina C, estranho q semana passada gastei 50 conto numa caixa de penvir 125 e não resolveu.
        Vejo vcs falarem muito do aciclovir por aqui, ele é melhor?

  19. Estou no meio de uma crise, depois de meses sem aparecer nenhuma crise e nenhum sintoma. Mas não quero me abalar e nem me entristecer, porque sei que essa vacina vai vir pra tirar todos os sofrimentos que essa doença tem nos dado. Já fiz promessa pra Nossa Senhora de Fátima pela sua intercessão ao nosso Senhor Jesus, pois sei que ele vai abençoar para o resultado positivo dessa vacina. Abraço a todos!

  20. Bom dia pessoal!!
    Quero fazer um grupo no whats para que nós possamos trocar informações instantâneas sobre o herpes.
    Nós estamos na mesma luta, e poder ter uns aos outros será mais um conforto.
    Quem tiver interesse de participar do grupo no whats deixe os números de celulares com DDD nos comentários.

    • Pois é Julia, eu dei uma olhada e sai a 0,28 centavos cada comprimido, pena que só tem uma e fica num local de difícil acesso pra mim. Mas já tem farmácias que vendem um genérico bem mais barato tbm. No entanto, eu torço para que apareça pelo menos uma vacina que mesmo que não curasse mas funcionasse como o remédio por um período maior, pq esse negócio de ficar tomando comprimido todo dia tbm ninguém merece! Obrigada pela dica! 😉

      • Na farmácia popular sai 0,28 cada comprimido mas eu peguei gratuito pelo SUS, não paguei nada.

    • Esse é propósito desta vacina, ou seja, visa imunizar os não portadores do vírus e tratar aqueles já infectados. Em animais os resultados foram encorajadores, com esse objetivo atingido em 100% nos dois viés. Assim, essa vacina visa uma “cura funcional”. Ela busca estimular duas células do nosso corpo para lutar contra o vírus. Serão estimuladas as células B, responsáveis por gerar anticorpos que combatem o vírus diretamente, e as células T, estas responsáveis por eliminar células infectadas. O foco principal são as células T. Na primeira fase, 19 dos 20 humanos não portadores do vírus que receberam a vacina geraram células T estimuladas pela vacina. O foco principal são as células T. Agora a vacina esta na segunda fase, na qual 40 portadores do vírus estão recebendo doses da vacina, com resultados interinos esperados para o final deste ano visando verificar a eficácia da vacina no tratamento das recorrências. Descobri ser portador do vírus em março deste ano e meu mundo desmoronou. Minha auto estima foi para o buraco. Li muito sobre o assunto. Meu medo, transmitir isso para outra pessoa. Embora não me protegi, mas a outra pessoa poderia ter me alertado pois sabia que portava o vírus. Moral da história: Maldito aquele que confia em outrem. Ou você cuida de você, ou vai se frustrar. Seja honesto com os outros, cuidem de você e se afaste de pessoas sem caráter. Abraços a todos!

    • Oi Gustavo,

      Eu tive forte dor ao urinar mas somente na primeira crise. Nas recorrências nunca tive problemas.
      Bolhas na uretra… se acontecer isso é bem incomum.
      Verifique com seu médico se não pode ser uma infecção urinária.
      Abraços,
      Edu

      • Edu,

        Eu fui diagnosticado tem 8 dias. A minha primeira crise foi em fevereiro, sem eu saber que era herpes, e de la pra cá apareceram 2 ou 3 bolhinhas no máximo. Como não gostei do diagnostico de um dermatologista, procurei meu medico e ele pediu pra fazer o exame de sangue pra verificar se tinha herpes.
        Nessa fase que considero segunda crise ocorreu um desconforto ao urinar. Fiz exames de urina e deu tudo normal. Fiz exame de próstata e deu super normal também. Quando eu falo de bolhinhas na uretra é que li a respeito e vi que pode ocorrer e associei ao meu desconforto ao urinar. Meu medico receitou 02 comprimidos de aciclovir de 6/6 horas e pomada. Estou no caminho certo?
        Abraços!!!!

  21. MINHA VIDA ESTA DESTRUIDA POR CAUSA DESSA DOENÇA NAO SO MAIS O MESMO,N AGUENTO MAIS SABE QUE TENHO ESSE PROBLEMA E NAO TEM CURA SO DEUS PRA FAZER EU SEGUIR EM FRENTE,ESTA DIFICIL .

    • tamos junto, amigo… tem dias que estou péssimo, sem alegria de viver… me sentindo um ser anormal, um lixo, sujo, diferente dos outros,como se guardasse um mal muito grande… sinto que mudei muito desde que descobri o herpes. Sei que não é uma doença maligna, mas incomoda e envergonha… e pior, você não pode compartilhar com ninguém, tem que sofrer sozinho… já tinha dificuldade de relacionamentos, agora piorou. Mas desde o dia que descobri, tenho aceitado mais, encarado isso com menos dificuldade. Até agora minhas recorrências foram fracas, não completei 3 meses da primeira, mas tenho tido sintomas a cada 15 dias mais ou menos. Esse fórum tem me ajudado a entender melhor. Espero que minhas crises se tornem mais espaçadas. Sei que a gente nunca fica totalmente bem de humor por causa dessa doença, mas tenta encarar o problema com mais leveza, ao menos nós temos um certo controle sobre os sintomas, assim que aparecem podemos fazer algo para amenizá-los. Não vamos nos deixar vencer!

  22. Edu,
    Você acha que há possibilidade de também haver a cura para o herpes genital HSV-1? Sabe de algum estudo em andamento neste sentido? Pelo que vi, a vacina citada será apenas para HSV-2, correto?

    • Correto, a vacina que está sendo desenvolvida me parece ser mais específica para o HSV tipo 2, porém como o “funcionamento” dos dois tipos de vírus são extremamente semelhantes, acredito que exista grande possibilidade de ser benéfica para os dois tipos de vírus HSV.
      Abraços,
      Edu

      • Edu, obrigada pela resposta.
        No meu caso, contrai herpes genital tipo 1 (HVS-1) e não vejo muitas notícias de vacinas específicas para esse tipo. Rezo para que encontrem a cura para ambos os tipos de vírus. Por favor, compartilhe conosco sempre que você souber de notícias sobre vacina para o tipo HVS-1 também.
        Muito obrigada também por manter este blog. As informações compartilhadas por você e por todos têm me ajudado muito.
        Muito obrigada a todos.

    • Oi Vander,
      Boa pergunta….rs
      Quando comecei, eu achei que seria melhor vender pela internet porque esse assunto é visto para a grande maioria das pessoas como um “segredo”, uma questão séria de privacidade.
      E com a facilidade que a internet nos dá hoje em dia, em relação a pagamentos online e serviços que direcionam especificamente para o assunto como o Google adwords, achei que seria melhor vender nesse formato.
      Sem falar que por exemplo, se você comprar pelo PayPal o download é imediato no final da compra. O processo é ágil.
      Nunca fui atrás de alguma editora para ver como seria.
      Mas não descarto a possibilidade.
      Estou analisando no momento para quem sabe fazer uma versão para o Kindle (e-reader) da Amazon, ou até mesmo colocar em um site “print on demand” que é quando o livro é impresso por demanda (uma unidade de cada vez).
      De qualquer maneira… mesmo sendo digital garanto que o conteúdo é bom, e isso é o que realmente importa.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  23. PESSOAL BOA TARDE
    Quem pode mim ajudar nessa perguntar eu tiver relaçoes com minha namorada sem camisinha e eu nao sabia que tinha essa doença e estava na primeira crise e estava no sistomas sera que eu passei pra ela isso ja tem onze meses e ela nao apresentou nada sera que ela pegou esse problema eu so vi arder quando eu estava tranzado com ela mim ajude por favor nao queria que ela pegasse essa doença

  24. Olá, a todos… Lendo comentários vi que não sou o único que pensa lá na frente e que teve planos frustados pela Herpes, Eu fui infectado de maneira covarde “violentado sexualmente” num encontro onde o cara junto com outro me forçou entimidando eo pouco tempo de contato que ele tentou me penetrar bastou para me infectar, revivo aquele dia sempre (um inferno na cabeça) … Sempre que vejo um casal os abençoo por terem um ao outro , Pois nada é mais lindo que o amor (verdadeiro) entre um casal, Gay ou Hétero, Descobri no inicio de 2015 e desde então Perco a fé a cada crise porém peço forças a cada Dia, Lembro os lugares que visitei com quem estive num momento da vida onde eu não tinha esse vírus e penso ” se eu pudesse volta em tal dia” é muito dura essa batalha… Espero a cura o quanto antes e voltar ter uma vida mais normal, pois estou desacreditado da vida e já pensei em tira-la, Sou uma pessoa que acredita na bondade dos outros e fui vitima. Não consigo me imaginar num relacionamento, e doí tanto querer esta com alguém e mesmo assim lembra que posso colocar esse alguém na mesma condiçao que eu. enfim gente não vamos nos afastar precisamos está unidos e juntos nessa luta, pois acredito que como eu a solidão sobre o assunto é uma das piores parte de conviver com o herpes genital, Tive a primeira crise em Janeiro depois de um intervalo de 2 meses sem ter nada. desde então venho tendo crises e hoje tive uma forte como a primeira, as bolhas sugiram em menos de 12h, Olhei a noite e não tinha nada (nem manchas nem nada característico) e a tarde ja possuia bolhas e dor.

  25. Gente minha vida depois que descobri que tinha herpes genital acabou. nunca mais fui a mesma pessoa. Rezo a Deus que essa vacina seja a tão sonhada por mim e por muitos a cura e o retorno da nossa felicidade!

  26. Edu,
    Não estando em crise, é possível transmitir através de sexo oral a herpes genital para a região da boca? Não me permito mais nada com medo dessa doença se espalhar. Já basta um tipo de herpes.

    • Oi Cris,
      Pelo que sei, é extremamente raro o vírus hsv tipo 2 passar para a boca. Então, por exemplo, se seu parceiro fizer sexo oral em você (sem ter crise ou sintomas presentes é claro) é quase certo que não irá pegar herpes pelo tipo 2 na boca.
      Agora, se uma pessoa tem herpes labial (hsv-1), existe sim a chance de passar para a genital do parceiro pelo sexo oral e causar herpes genital pelo hsv tipo um nele.
      Abraços,
      Edu

    • Eu pequei esse vírus em setembro de 2016, e ainda estou tratando a primeira crise. Peço a Deus que as recorrências sejam mínimas , pois estou simplesmente desolado da vida. Vamos orar e pedir ao nosso senhor que nos liberte disso através dessa vacina. Estou a 2 semanas sem frequentar a universidade, meu filho esta com vermelhidão e coceira na região genital estou com medo dele ter pego. Senhor Jesus , me socorre !!!!!!

  27. Oi Edu ,Estou fazendo a compra do seu livro pra ver se me ajuda um pouco mais, não sei mas oque fazer. minha alimentação é boa pois alem do herpes também contrair o vírus do HPV
    e para combater esses 2 vírus é preciso a imunidade esta sempre em dias.
    e Edu o aminoácido (L-lisina) associada com um antiviral (na sua opinião qual o mais eficiente) pode Amenizar a situação ? ”Eu uso aciclovir genérico, estou pensando em mudar…”
    Praticar academia vai piorar ou melhorar as lesões ? pois eu fico muito suado.
    e por ultimo sabonete faz mal ou se não,qual o melhor para se usar ?
    Fico grato por você transmitir seus conhecimentos com nos irmão !
    Obrigado.

    • Oi Marcel,
      Obrigado pela compra do livro. Garanto que vai te ajudar muito sim.
      As repostas a suas perguntas estão olá em detalhes… mas é o seguinte.
      – Eu sempre usei o aciclovir. Troque somente se voc~e achar que não está tendo progresso em um tratamento supressivo. Inclusive porque os outros são bem mais caros também.
      – Exercícios fazem muito bem para o sistema imune…por outro lado, exercícios intensos demais deprimem a imunidade. Como ocorre com maratonistas por exemplo. O suor não influencia em nada pode ficar tranquilo quanto a isso. Então a recomendação é que cada um de nós tem um nível próprio do que seria “exercício muito intenso”. Mas é melhor não exagerar.
      – Sabonete não faz mal nenhum não.
      Abraços,
      Edu

  28. Gente, desculpa a sinceridade, mas acho que tem muita gente apavorada demais aqui. Já aconteceu comigo, vou tentar contar minha história pra acolher os corações de vocês.
    Eu sei como é esse início, meu ex, meu primeiro namorado, na minha primeira vez, me passou isso, quando tinha 18 anos. Foi um mês de sofrimento, dor, depressão, perdi 5 kg e ir no banheiro era a maior dor do mundo. Lembro que eu pensava “se eu tivesse uma poupança, daria todo meu dinheiro pra não sentir essa dor”. A dor física era terrível, quase insuportável. Achei que teria que viver pra sempre com meu namorado (que me deixou porque eu era “louca” e estava inventando uma história). A dor emocional também foi grande, mas me fez descobrir que eu teria que lutar pelas coisas que queria na minha vida, acredito que foi um momento triste na minha vida, mas que me tornou mulher pra enfrentar os problemas.
    Hoje tenho 26 e aprendi a lidar bem com isso, às vezes tenho crise, outras não, mas não influencia em nada mais na minha vida. No início tive um pouco de depressão e só queria ficar em casa, junto com minha família, mas depois vi que não poderia me deixar abater por isso. Ainda por cima, meu ex quis me culpar e dizer que não tinha nada, sendo que, como disse, era minha primeira vez. Nunca consegui desabafar com psicólogo ou com meus pais, apenas algumas amigas bem próximas. Pra minha surpresa, uma amiga minha falou que também tinha e convivia muito bem com isso. Comecei a pesquisar e vi que aproximadamente 25% da população sexualmente ativa tem, ou seja, se você sair na rua e se deparar com 4 pessoas, 1 delas possivelmente tem e nem sabe. Eu pesquisei muito, muito mesmo, sobre isso, tudo possível e cheguei a uma conclusão: a dor moral é maior que a própria doença, não é uma dor que surge da gente, é uma dor que surge pelo preconceito da sociedade e do que o parceiro vai achar, o que a família vai achar ou os amigos vão achar.
    A vida é muito boa pra deixar se abalar por um vírus que no máximo causa um desconforto, hoje em dia até tenho ele com um “regulador” do meu stress, que me avisa quando alguma coisa tá errada. Tenho consciência, uso camisinha e faço atividades físicas e tento me alimentar bem, mas existem doenças muito piores e não há motivo pra tanto stress, digo isso pela minha experiência de 8 anos com isso.
    Hoje em dia, meu ex é casado, tem filhos gêmeos e uma família linda, não sei se a esposa dele sabe, mas acho que todos nós temos a mesma chance de construirmos uma família e ter um relacionamento saudável.
    Que venha a vacina, eu certamente faria, mas não me deixo abalar por isso, afinal, lembrem-se, muita, mas muita gente vive com essa doença, é uma epidemia, não promiscuidade. O que ainda acho absurdo é a discriminação que médicos relatam a doença, dizendo que pessoas “com mais parceiros sexuais” ou “que iniciam a vida sexual precocemente” têm mais propensão a ter a doença. Tive na minha primeira vez, aos 18 anos.
    ” A moral para Nietzsche é uma invenção dos fracos, que inverteram o sentido de bom e virtuoso para favorecer o ascético, o que nega o corpo em favor da alma, e que portanto nega a vida.”
    Leiam Nietzsche, abram suas mentes e percebam quantos valores morais nossa sociedade impõe e a gente nem percebe. Não deixem de viver nada por causa dessa doença, apenas reinventem suas vidas e os valores que querem carregar consigo.

    • Olá Bru, muito legal seu depoimento.
      Em maio fez 1 ano que peguei o vírus, já estou conseguindo lidar bem melhor com isso, só fico meio abatida quando tenho recorrências frequentes, mas bora combater os pensamentos negativos 🙂

  29. Herpes: uma nova abordagem de tratamento

    Estudo publicado na revista “Science Translational Medicine”

    09 dezembro 2014

      |  Partilhar:More Sharing Services

    Investigadores americanos descobriram uma abordagem de tratamento eficaz contra o vírus do herpes que o inibe e deixa latente, impedindo assim a sua reativação e doença, dá conta um estudo publicado na revista “Science Translational Medicine”.
     

    Uma grande percentagem da população está infetada com o vírus herpes simplex. Após a infeção inicial, o vírus entra e permanece num estado latente, sendo depois periodicamente reativado e provocando consequentemente doença. Este vírus provoca lesões orais ou genitais recorrentes e pode contribuir para o desenvolvimento da ceratite herpética, uma das principais causas de cegueira. Conjuntamente com os outros vírus herpes, o vírus herpes simplex é também um fator de complicação para os indivíduos imunossuprimidos e um cofator na transmissão do VIH.
     

    Mesmo sem sintomas, os indivíduos infetados pelo vírus herpes simplex podem continuar a transmitir a infeção. Os tratamentos atuais para este tipo de infeção, que têm como alvo as proteínas virais, não conseguem controlar a reativação do vírus latente.
     

    Foi neste contexto que os investigadores do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infeciosas, nos EUA, resolveram estudar o vírus herpes simplex em vários modelos animais com o intuito de encontrar tratamentos mais eficazes.
     

    O estudo apurou que um fármaco já existente, o tranilcipromina, bloqueia uma proteína conhecida como LSD1, a qual tem um papel importante na iniciação da infeção pelo vírus herpes simplex. Os atuais tratamentos requerem a replicação viral ativa e têm por alvo os estádios tardios da infeção, o que conduz ao desenvolvimento da resistência aos fármacos. Neste estudo, os investigadores adotaram uma abordagem diferente pois escolheram como alvo uma proteína que controla a ativação e desativação dos genes, no início do processo da replicação viral.
     

    Esta abordagem epigenética não só reduziu os sintomas, como contrariamente aos tratamentos existentes, reduziu a libertação de partículas virais que são capazes de transmitir o vírus mesmo na ausência de sintomas. Este tratamento forçou o vírus a permanecer num estado latente impedindo a sua reativação.
     

    Estes resultados indicam que mesmo quando o vírus não está ativo, os fármacos que modelam as alterações epigenéticas podem tratar a infeção na mesma. A comunidade científica tem vindo a desenvolver terapias baseadas na epigenética para o cancro e, agora, este estudo demonstrou o seu potencial como terapia antiviral eficaz.
     

    ALERT Life Sciences Computing, S.A.

    • Pesquisei na internet a respeito deste medicamento, segundo a bula é um antidepressivo indicado para casos graves de depressão.
      Contudo, não encontrei a dosagem que deve ser usada para tratamento de herpes, os artigos que relacionam esta medicação a herpes também não informam se o tratamento é a longo prazo ou se apenas algumas doses da medicação já seriam capazes de anular o vírus.
      Alguém encontrou algo a respeito?
      Beijos, Carol.

  30. Fazia um tempo que não vinha dar uma olhada no blog, mas confesso que me senti feliz porque o fiz. É bom saber que não estamos sozinhos. Descobri que tenho herpes no final do ano passado e foi uma das épocas mais difíceis da minha vida. Fim de relacionamento, insegurança, ansiedade, angústia etc. Ainda não me recuperei completamente, já que tais problemas só afetaram ainda mais minha baixa auto estima. Comecei a fazer terapia e estou gostando, inclusive indico pra quem acha que precisa. Faz um mês que não sei o que é “não ter herpes”, é uma recisiva muito longa. Essa semana vou ao médico e provavelmente ele vai pedir os exames complementares (sangue, hiv, hepatite, entre outros). Acho que é hora de encarar o problema de frente. Soa meio abstrato, mas de certa formas somos culpados pelo que “escolhemos” ser. E essa culpa, se encarada por um viés positivo, nos faz pensar “se a “culpa” é minha, eu posso fazer algo pra mudar tal situação”. Estou aproveitando essa lucidez pra partilhar isso com vocês antes que os pensamentos negativos venham a toma novamente huahau. Vamos acreditar, espero que dê tudo certo! Abraço!!

  31. Pessoal, tive minha primeira crise ha cerca de 2 meses, e desde então tenho tido recorrências fracas (uma ou outra manchinha vermelha que aparece) a cada 15 dias, o que combato com aciclovir 400 e pomada penvir (só para garantir) durante as crises. É natural que nos primeiros meses essas recorrências sejam mais frequentes assim? Eu já estou aprendendo a lidar melhor com isso, mas é cruel ter recorrência a cada 15 dias, sem falar na neurose de ficar o tempo todo olhando no espelho. Esses dias eu estava completamente sem nada, hoje mesmo olhei cedinho e nada… agora de tarde já apareceu uma manchinha vermelha. Que saco! Outra coisa, tenho foliculite nas nádegas, já começo achar que essa foliculite é herpes… alguém com essa mesma angústia aí?

    • Bruno:
      O que aparece nas minhas nádegas é sempre a bolhinha amarelada. Seca uma e nasce outra. Nunca tive essa manchinha vermelha q vc falou.
      Fiquei confuso!

      • então nas nádegas oque tenho é foliculite mesmo, porque são vermelhinhas e algumas parecem pequenas espinhas, mas não incomodam feito a herpes. Acredito que são resultado da roupa apertada. No meu caso, a herpes aparece ao redor do ânus, só as manchinhas vermelhas, não chegam a formar bolhas, vão direto pra feridinha, mas graças a deus até agora forma muito poucas e não incomodam tanto. Mas é muito chato!!!

    • Eu hj to me identificando com tudo, pela primeira vez To com uma foliculite estranha no bumbum e ardeu e geralmente oq arde é herpes 😦
      Vou tentar não me abater, afinal a crises ficam migrando pela região genital e pode desaparecer dali, alguém se identifica?

      • Pois é, nunca vou saber se essa manifestação que chamo de foliculite é de fato foliculite mesmo ou é a própria herpes… há alguns dias não tem aparecido. Ainda não completei 3 meses da primeira ocorrência, então,segundo li, o corpo ainda está se “ajustando” ao vírus, acho que por isso tenho tido recorrências frequentes, ainda que muito leves. Estou tomando o aciclovir todos os dias e seguindo vida normal, tenho até pensado menos no problema.

      • Eu consegui pegar aciclovir gratuito pelo sus mas só tem de 200mg, então eu tomo dois comprimidos (soma 400mg).

      • Olá Ohana

        Eu fui com a receita médica na farmácia do SUS e me deram, detalhe que a receita era da minha médica particular. Pode passar em médico particular e pegar os remédios no SUS.

      • Oi Sol

        Não estou tendo crises frequentes mas resolvi fazer tratamento supressivo porque eu tenho herpes no dedo da mão. É raro isso acontecer mas na minha primeira crise que ainda não tinha anticorpos e nem imaginava o que podia ser aquilo eu coloquei o dedo nas feridas pra ver o que era e passou pro meu dedo.
        Estou tomando pra evitar a do dedo que me incomoda muito mais do que a genital, além de doer muito não posso tocar em nada e demora três semanas pra sarar. Em um ano tive só duas vezes no genital e cinco na mão, por isso resolvi fazer o tratamento supressivo, se fosse só pela genital não faria.

  32. Edu

    Vc que acompanha há mais tempo as notícias de cura, já deve ter saído outros estudos anteriores.
    De tudo que vc já viu ao longo dos anos, essa pesquisa parece ser mais promissora?
    Ou já teve outras pesquisas que pareceram tão boas quanto essa mas não deu em nada?

      • Edu
        Tô tomando 2 comprimidos de aciclovir 200mg de 6/6horas… mas essa crise tá demorando… tá bem fraca… aparece uma ou duas bolhinhas sempre separadas uma da outra na virilha… quando seca já vem outra… tô desesperado Edu.. muito mal mesmo!!!

    • Ah sim Júlia , se ta incomodando é uma opção mesmo, eu ainda vou esperar um pouco e ver como o vírus vai reagir no meu organismo, mais se precisar não vou pensar duas vezes para iniciar o tratamento supressivo .

  33. Oi Bruno
    Não doem. Quando secam nao viram feridas, nunca viraram. Ja li a respeito que elas aparecem num formato de cacho com um liquido branco e viram uma feridinha. No meu não é isso. Nasce umas bolhinhas com pus e secam assim mesmo.

    • em mim aparecem da mesma forma, isoladas, uma ou duas nas nádegas, na região que entra em contato com o assento, com atrito, quando sento. Penso eu que essas não são herpes, e sim foliculite, porque não doem, não coçam, não formam feridas, são mais parecidas com pequenas espinhas. Pesquisa foliculite nas nádegas, é bem parecido com as minhas. No meu caso, a herpes mesmo se manifesta perto do ânus, ali tenho certeza que são lesões de herpes, ainda que fracas… mas as outras nas nádegas, me parecem foliculite, pode ser que eu esteja enganado…Será que alguém poderia tirar nossa dúvida? seu médico examinou essas lesões? me manda um email: sayuri.brunno@bol.com.br

      • As minhas são bem na virilha. Nunca tive feridas. Meu medico nao viu na epoca as bolhinhas. Ele deduziu ser herpes pelo fato de eu ter dito q tive essas bolhinhas na virilha e ter dado no exame. Mas pode ser q tenho e nao se manifestou. É somente na virilha, mas não viram feridas; estoura e seca.

      • E quando secam criam casquinhas? porque as minhas das nádegas depois que aparecem não criam as casquinhas antes de sumir.

  34. Ontem tive relação sexual com camisinha, hoje percebi uma coceira junto a uma bolinha, estou com medo de ter passado algo para o meu parceiro. Como faço para saber??

    • Oi Flavia,

      Não tem como fazer nada para saber se transmitiu no momento. Resta somente esperar para ver se aparece algo nele.
      Se ele sabe que vc tem herpes genital, então seria aconselhável ele tomar aciclovir como prevenção imediatamente depois de você ter visto que estava com sintomas. Mas se já passou muito tempo então não adianta.
      Pelo menos vc fez sexo com camisinha, então a chance maior é de que não tenha transmitido.
      Abraços,
      Edu

  35. Fui contaminado herpes genital ha 60 dias. No pênis. Não deu bolha. Fui ao médico tomei 2 cx de penvir. Sumiu o vermelhidão mas o pênis fica com um comichão. Queimando. Quando tava tomando o penvir fiz exame para 1 e 2. Deu inconclusivo para 1 e 43.90 para 2. Será que é herpes mesmo ou o exame deu alterado por conta do medicamento?

      • Oi Bpe,
        Seu exame deu reagente então vc tem anticorpos para o vírus da herpes. Ou seja, vc tem herpes genital.
        Já sobre esse comichão…. na minha opinião pode ser um sintoma prodrômico (que aparece antes de uma crise) ou pode ser alguma infecção não relacionada com a herpes genital. O ideal seria vc voltar no médico.
        O exame não vai alterar por causa do antiviral.
        Att,
        Edu

      • Comigo sempre acontece isso antes de uma crise. Um vermilhidão e uma coceira insuportavel bem parecido com isso que você narra. Logo que começa ja começo a usar o aciclovir e na maioria das vezes a bolha nem aparece.

  36. Fui infectada em 2009 e até Abril deste ano não havia tido sintomas , só que desde então estou tendo crises de 15 em 15 dias, não sei o que faço, pois não havia passado por esta situação antes

  37. Olá Eduardo,

    Uma dúvida: o urologista me receitou Penvir pomada, pois apresentei algumas lesões na glande e ele suspeita que seja herpes genital. Me passou uns exames a serem feitos , inclusive hiv, mas ainda não os fiz. Existe alguma grande diferença entre medicação oral (via compromido) e entre a mesma medicação na versão pomada? Qual deles é melhor e com ação mais rápida?

    • Ps: fui infectado em abril , ja usei o medicamento, as lesões ja sumiram e estou sem crises. Tenho medo de transmitir isso pra alguma ficante ou namorada, mesmo sem as lesões. E me dou muito mal com preservativos.

  38. Olá Eduardo! Olá a todos

    Gostaria de saber como são as relações sexuais de vocês. Alguém aqui namora, é casada ou fica com pessoas não-portadoras? Se sim, o sexo ausente de sintomas/crises é sempre com camisinha? Há alguma condição pra que o sexo entre casais discordantes possa acontecer sem camisinha? Estamos condenados a transar pro resto da vida usando preservativos? Ka vi alguns videos no youtube onde médicos falam que não há problema de transmissão quando os sintomas saram após o uso de medicamentos, já outros afirmam que pode haver mas não ha comprovação. E aí , qual a opinião de vocês? Como fazer?

    Abraços a todos

    • Espero que a vacina de Dr Ian ou esssa desse laboratório sejam positivas
      Que seja aprovada pela FDA o mais rápido possível e que chegue logo ao Brasil, que anvisa libere e que possamos ser beneficiados amém!!!

      • Entrei no site fiz uma pesquisa
        pelo que eu li essa vacina desse laboratório já terminou a fase 2
        E agora aguarda a aprovação das autoridades!!! Como (FDA)…

  39. Fico feliz com a noticia, hoje eu convivo bem o “problema”, após indas e vindas em médicos que não estavam nem ai para o meu problema, resolvi por si, me automedicar. Não está correto e não aconselho ninguém a fazer, mais diante de crises semanais onde nem conseguia me mexer, eu optei por manipular o Aciclovir. Fica muito mais barato, aqui em minha cidade pago 52,00 por 60 cápsulas. Melhorou muito! mesmo não sabendo sobre o uso ao longo prazo no futuro, no meu presente eu tenho qualidade de vida! Vamos torcer que essas vacinas nos ajudem!

    • Pelo que li na bula o aciclovir pode ser usado por até 10 anos sem interrupção. Eu tbém faço o tratamento supressivo com aciclovir manipulado. Da super certo para mim.

  40. Para Srn
    A fase 3 é a fase que passa pela FDA
    Ou outras autoridades para ver se será aprovada para ser colocada no mercado
    A fase 4 que seria a comercialização

  41. Bom dia! Também sou portador desta praga que vive me envernizado, quando aparece perco uma semana de vida! Chateado paka, Edu, minha pergunta é a seguinte : uma vez que o vírus precisa de arginina para continuar sua fábrica e para sua própria alimentação, uma dieta em pelo menos um Mês sem qualquer Alimento com arginina não poderia colocar o vírus em extinção? E outra, seria possível algum laboratório desenvolver alimentos sem a tal proteína para heréticos como nós? Abç

  42. Edu a resposta do meu ginecologista
    Vc com toda experiência no assunto o que me diz? Edu?
    A ocorrência de transmissão em períodos assintomáticos é inegá- vel, sendo mais comum nos 3 primeiros meses após a doença primá- ria por HSV-2, na ausência de anticorpos contra o HSV-1.
    Portanto existem evidências que comprovem a transmissão em pacientes assintomático
    Eu disse a ele que mesmo tomando remédio e usando camisinha pode acontecer a transmissão?
    Eu disse a ele desse jeito nao vou poder ter mais relações sexuais até a vacina ser fabricada tomar as doses refazer o exame para saber se realmente conseguir eliminar o vírus então
    Complicado assim cada um diz uma coisa que doença que parece ser simples mais ou mesmo tempo infeliz que causa danos físicos e emocionais
    Se eu pudesse voltar no tempo e corrigir a besteira de ter transado sem camisinha mais nao posso o que me resta agora é orar a Deus pedindo que dê tudo certo com essa vacina
    Pq eu conto as horas pra me libertar desse maldito vírus…

    • Olá, Vanessa vivo neste mesmo dilema, tenho medo de me envolver por medo de fazer mal a alguém, vivo da esperança da cura ou tratamento que possa impedir novas recidivas e a possibilidade de passar o vírus a alguém. Por outro lado vejo minha vida passando, e penso se a cura não vier? Tenho pedido muita a Deus que coloque em minha vida um homem que me ame e eu possa realizar meu grande sonho, ser mãe.

    • OI Ninha,

      Pode acreditar que você não é a única que gostaria de voltar no tempo…kkkkk
      Bom… essa questão da transmissão assintomática é bem complicada.
      – Vamos lá…. existe transmissão assintomática? a resposta é sim. Infelizmente.
      E isso que vc escreveu está bem correto. A chance é maior no início e também se o parceiro não tiver anticorpos contra o HSV-1.
      Por outro lado… a chance de transmissão assintomática é bem baixa e, na minha opinião, não dá para levar uma vida normal se agente for ficar “neuras” por causa dela.
      O que acho que devemos fazer é tomar o máximo de cuidado para nunca transar com nenhuma dúvida de crises ou sintomas presentes, contar e conversar com o parceiro(a) sobre isso, mas viver normalmente! Tem funcionado para mim.
      Ha… gostei do nome do seu e-mail….rs …. fiquei imaginando.
      abraços,
      Edu

  43. Ola, descobrir a pouco tempo que tenho herpes genital. Quero muito estar mais por dentro do assunto e quem sabe poder participar desse grupo de vacinas para fazer teste. Espero que venha surgir logo a cura para esse vírus que tão incomodáveis é!

    • Oi Carol,
      Para aprender bastante sobre herpes genital recomendo muito o meu livro. Tenho certeza de que você irá aprovar. Não é por nada, mas tudo o que vc precisa saber está organizado em detalhes lá.
      Att,
      Eduardo Rosadarco

  44. Bom dia,MT bom MSM esse canto d ajuda aki. C todos conseguirmos nos manter nesse clima de confiança e união,não vamos achar tão demorado o resultado final e cm fé em Deus positivo desses estudos aki citados. Força e MT fé.

    • Confesso que estou ansiosa para que chegue o 4 trimestre e saia o resultado positivo desse estudo
      Todas as noites eu oro a Deus pedindo que abençoe as mãos de Dr Frazer e sua equipe
      Tenho muita fé
      Temos que dizer já deu tudo certo amém!!!

  45. Olá pessoal! Hoje vim aqui contar um pouco sobre como venho lidando com a herpes. Se vcs repararem alí em cima, tem um comentário meu super na bad. Bom, vinha tendo crises constantes, uma atrás da outra e isso tava me deixando deprimida. Resolvi comprar algumas caixas de aciclovir pra “dar um tempo”. Tomei acho que umas 3 caixas e depois parei e como disse, já estava tomando vitamina c e a lisina, só que dessa vez aumentei a dose para 1000 mg todos os dias e parei com a vitamina c. Agora as crises praticamente sumiram, quase não tenho mais e quando sinto uma coceirinha ou algo do tipo, ou se chegar a dar bolhas (geralmente é só em um lugar agora) eu já tomo logo o aciclovir. Algumas pessoas comentaram aqui que dá pra pegar na farmácia popular, no entanto não tem nenhuma aqui perto, mas encontrei um genérico em uma farmácia aqui por R$ 13,00 o que eu acho bem barato, e apesar de ser genérico ele funcionou muito bem pra mim, por isso sempre tenho pelo menos uma caixa estocada pra alguma necessidade. A consequência dessa diminuição nas crises foi que o meu psicológico tbm está bem melhor! Quase nem lembro mais que tenho herpes. Sou solteira então não estou tendo preocupação com aceitação de parceiro, porém já estou lidando tão bem com isso e fazendo tratamento, além de quase não ter crises mais que isso nem me preocupa mais. Até pq, depois de pegar herpes eu não pretendo fazer sexo sem camisinha e correr o risco de pegar coisa pior e por tudo o que já li aqui na internet a transmissão assintomática apesar de possível é bem mais difícil de acontecer. Enfim, como esse site me ajudou muito quando tava mal achei que deveria deixar aqui um novo comentário pra incentivar as pessoas que estão se sentindo como eu estava (um lixo). É isso galera, a herpes nada mais é do que um alerta pra nos cuidarmos melhor! E se tem uma coisa meio cliché até, mas que eu aprendi que é super verdade é que tudo passa! Ademais, continuo torcendo pelo avanço dessa vacina, pq assim que tiver sendo comercializada eu sou a primeira da fila! 😉

    • Oi Renata.
      Gostei do que você contou e como conseguiu superar o sofrimento emocional que todos nós sentimos no começo.
      Fico feliz em ver isso.
      E com certeza vai ajudar a muitos outros a ver que é possível.
      Ha… e esse aciclovir que vc achou está bem barato mesmo.
      Abraços,
      Edu

  46. Oi gente! acabei de conhecer o blog.
    Tenho passado por umas crises desde que descobri ter a herpes, queria mais orientações e até ouvir depoimentos.
    Vocês ainda estão com o grupo “fita amarela”? Gostaria de participar (:

    Obrigada, e abraços.

  47. Gente até parece mentira ando lendo coisas na Internet e sempre ficando cada vez mais desanimado já não sei mais o que fazer estou com crise e fico afastado do meu parceiro ele fica sem entender o motivo do meu sumiço. Até tentei terminar mais não consigo nos temos um reciprocidade enorme gostamos um do outro de verdade mais por esse motivo jamais quero passar isso para ele. Lendo sobre essa vacina fiquei tão feliz minha vontade é de vender minha casa meu carro e pegar o dinheiro e ser cobaia dessa vacina pois os bens matérias eu conquisto novamente depois. Sei que muitos sofrem com isso mais o que temos a fazer é hora e torce para que esse mau seja derrotado trazendo Assim a auto estima de todos. Quando tenho crise fico desesperado a minha pressão cai fico gelado, tonto. fico super mal pedi até até a deus na hora de dormi que eu não acordasse mais. Mais sei que não é da vontade dele talvez ele tenha um propósito em minha vida desde já quero ter o prazer de reunir a todos e aceitar opiniões. Sou Márcio tenho 24 anos sou fortaleza-CE
    Vamos manter contato nós ajudar falar sobre nossas situações, como lhe dar e etc. Vou deixar meus contatos.
    Whats (85) 98729-8998
    Email maxvps2013@gmail.com

    • Oi JD,
      A circuncisão não diminuirá em nada as recorrências.
      Em um estudo que foi feito na África, mostrou que os homens circuncidados tinham uma chance 60% menor de serem infectados pelo vírus da Aids. Existe a possibilidade de a circuncisão também diminuir o risco de infecção pelo vírus da herpes genital como no caso do HIV, porém em relação a diminuir as recorrências não fará efeito algum.
      Att
      Edu

  48. Bom dia gebte linda! Tbm tenho herpes a 3 anos..me senti horrivel, chorei muito..mais hoje aprendi a conviver com isso…nao tenho muitas crises graças a Deus. E so tomo o remedio na crise mesmo..mais amigos o bom foi que decobri um site de relacionamento e de amizades..so com pessoas com herpes, é bom pq agente interage e tem muitas conversas para nos deixar mais forte e confiante..entra la e faz o seu cadastro…o site é (amizade positiva) bjus

  49. desde setembro 2016 recebi a triste noticia de infecção herpes genital, estou com voces a espera dessa tão sonhada vacina, mas tenho uma dúvida : essa vacina da admedus é para erradicar o virus ou apenas diminuir as crises ?? desde já obg e fé em Deus.

  50. Gente a erpes tem cura sim olha eu tenho um grupo no whats a gente ta usando varias plantas e testando tem so uma pessoa no nosso grupo qui tem hiv ela ta tomando a planta fez isames e a carga viral dela ta dando indetectavel kkk ou ceja 40 por cento ela ta tomando nao faz nem um mez ainda meu whats 69993656538 eu tb to tomando e quando me dar crises a lesao é do tamanho da picada de uma pernilongo kk !so um exenplo ta gente crise bem fraquinha msm em nao da bolhas nem nada disso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s