Novo Site Brasileiro de Relacionamentos para quem tem Herpes Genital

Veio ao meu conhecimento um novo site de relacionamentos para quem tem herpes genital e outras condições de saúde.
Pelo que sei é o primeiro do Brasil nesse sentido.
O site me parece estar começando, mas acho que tem grande potencial de ajudar muita gente.
Eu até me cadastrei lá para ver como funciona.
Mas recomendo sempre cuidado com as informações colocadas lá e cautela quando conhecer alguma pessoa.

http://www.amizadepositiva.com.br/

Agradeço a Naiara pela informação.

Abraço a todos,
Eduardo Rosadarco

Anúncios

160 respostas em “Novo Site Brasileiro de Relacionamentos para quem tem Herpes Genital

  1. Descobri ter herpes tipo 2 a pouco tempo e meu maior medo é transmitir para outra pessoa atraves da relação tire minha duvida por favor, obrigada.

  2. Ola pessoal , estou tendo meu primeiro episódio de herpes genital, eu já tinha o labial e foi transmitido através do sexo oral, to em desespero, pois não sei se terei outras ocorrências, é provável que sim, já contei pro meu namorado ele me apoia , na verdade não sei até quando, e é perfeitamente aceitável se ele me deixar, pois quem que conseguiria viver num relacionamento , que já haviam relações sexuais e agora não poder mais , não sei se conto pra minha familia, moro com meus pais e se eu nao contar como vou fica tomando remédios escondidos? tenho 27 anos e minha vida está arruinada,, sou de curitiba se tiver alguém de curitiba que queiram fazer amizade, ficaria muito feliz , pois só quem tem que entende tudo o que passamos , sei que tenho um caminho árduo pela frente só Deus na minha vida agora ,
    um beijo a todos ,e que deus nos abençoe.
    Edu obrigada por esse blog, estou a ponto de enloquecer mais o blog irá me ajudar

    • Oi Sol,

      A sua vida não está arruinada não. pode acreditar.
      Eu sei que Agente fica bem assustado no início, mas dá para se adaptar bem sim e viver normalmente com alguns ajustes.
      Eu sou de Curitiba também.
      Abração,
      Edu

      • Obrigada Edu , tenho uma duvida queria ler seu livro , se eu comprar gerando boleto , vai vir em casa ou vc manda no email???

      • Oi Edu ,
        tenho uma dúvida é normal na primeira crise , aparecer coceira e bolinhas em outros lugares como, pé , logo abaixo do umbigo e braço?? isso ta acontecendo comigo , porém são coceiras que logo passa mais incomodam, tenho quase certeza que meu tipo é o 1 , pois peguei via sexo oral . de certo modo a crise em si ta sendo branda porém já fazem 15 dias. to tomando aciclovir 200 mg 3 vezes ao dia , desde já agradeço a resposta

      • oi edu , desculpe vc ja tinha respondido minha pergunta sobre coceiras em outros lugares e eu nao tinha visto , desconsidere rsrs
        obrigada 🙂

    • Boa Tarde gente, hoje ta sendo um dia de desespero já estou passando pelo quinto episodio de herpes esse ano já não sei o que fazer. Já estou em prantos, to tomando o aciclovir. Só queria alguma coisa pra aliviar, pra ter menos crises.

      • Casilva, que dádiva a sua ter apenas 5 crises ao ano! Eu tenho duas por mês! Já pensou, mas de 20 por ano?!?! Força! Abraços

      • Casilva, agora Q eu vi que você postou em maio! Está tendo praticamente uma lesão por mês! É, neste caso não é nenhuma dádiva… 😦 Torço por você e desejo muita força! Abraços

      • Oi Fernanda,
        Vc tem duas por mês faz quanto tempo?
        Eu tive minha primeira crise em outubro de 2015 e até hoje é uma atrás da outra. Passo no máximo 3 dias de boa e lá vem ela outra vez.
        Estou torcendo pra que isso diminua, como Vc disse aí a cima, se for 5 por ano tá ótimo.
        Sorte pra gente!

  3. Ola pessoal descobri a uma semana que estou com herpes genital, depois de um pequeno surto da doença a medica me indicou realizar o teste de sangue infelizmente deu reagente…estou muito triste vivendo um pesadelo desde então, tenho 27 anos fico pensando como será minha vida daqui p frente.Queria saber se tem a possibilidade da segunda crise ser mais forte? Ja que a minha primeira foi bem leve, e neste caso dessa vacina pelo o que entendi não seria a cura e sim o controle da reincidência?

    • Oi Re,

      Normalmente a primeira crise é que é a mais forte porque é a primeira vez que o sistema imunológico entra em contato com o vírus e como os anticorpos ainda estão sendo formados, a resposta do nosso sistema imune demora mais para ocorrer. A carga viral também costuma ser maior.
      Então, a não ser que seu sistema imune esteja enfraquecido por algum motivo, as recorrências são mais fracas sim.
      Att,
      Eduardo Rosadarco

      • Oi edu, pela sua experiencia quem já tinha herpes labial e contraiu a genital do mesmo tipo como eh meu caso , as recorrência são menores??? Desde já agradeço 🙂

      • Oi Sol,

        É o seguinte.
        Se você já tinha herpes labial, então preciso te dizer que é bem difícil você ter sido infectada nas genitais pelo tipo 1 porque você já tem anticorpos contra ele. O mais provável é que seja o tipo 2 mesmo.
        A não ser que a infecção oral tenha ocorrido ao mesmo tempo da genital pelo HSV tipo 1, aí seria mais provável.
        – respondendo… o vírus tipo 1 nas genitais costuma criar bem menos recorrências sim.
        Abraços,
        Edu

  4. Em outubro de 2014 (para minha tristeza) descobrir que estava com herpes genital. Eu me relacionei com uma garota do interior do Maranhão, Ela foi minha aluna de um curso profissionalizante (detalhe ela veio aparecer no finalzinho do curso, parece até que veio mandada), bom ela pegou meu número que estava no quadro e no mesmo dia, na sala de aula, me ligou alegando que me achou muito simpático e dizendo que era muito bonita. Aí eu perguntei quem ela era, e ela se identificou. Daí então ela me convenceu a ir encontra-la em uma praça que ficava na beira de um rio da cidade onde ela morava, eu fui, nunca tinha vivido uma experiência como aquela: transar em uma praça na beira de um rio na escuridão da noite, eu gostei, me achei um máximo. (detalhe: eu nunca tive uma vida sexual muito ativa) Neste primeiro encontro eu usei camisinha. Bom eu estava me sentindo muito solitário e procurava uma pessoa para namorar e quem sabe até casar. Essa garota me disse que era formada em Teologia e que também era estudante de pedagogia (daí eu pensei pronto! essa daí é a pessoa ideal pra min). Passou um tempo e ela me convidou para ir no motel com ela (detalhe: eu sempre fui desconfiado e minha intuição dizia que aquela garota tinha alguma coisa estranha). Também ela já havia me falado que tinha uma doença e que não saberia se alguém iria aceita-la. Daí eu perguntei do que se tratava, ela disse que estava com anemia e que estava fazendo tratamento em São Luís-Ma. Eu disse a ela que aquilo era bobagem e que não tinha nenhum problema, eu já fiquei com pé atrás com ela depois disso. Fomos ao motel e transamos com camisinha mas depois que terminou, a bandida me convenceu a penetrá-la um pouquinho sem camisinha (detalhe: eu nunca havia transado sem camisinha). Passou um tempo e fiquei com uma pulga atrás da orelha: Éguas! eu transei sem camisinha! Será que aquela menina não tinha nenhuma dst? então em julho de 2014 resolvi ir ao médico pra fazer uns exames e incluí o de hiv e o de sífilis, para meu alívio não deu nada. Passou um tempo mas precisamente em setembro fui urinar e reparei uma bolhinha meio alaranjada em cima do meu pênis (eu fiquei muito preocupado) e fui ao médico, ele me examinou e disse que estava parecendo herpes e mandou eu fazer o exame de sorologia para herpes (o IGG e o IGM) para minha tristeza deu reagente para herpes genital. Esse foi uns dos dias mais tristes da minha vida! Gente essa foi minha história e um desabafo!

    • Oi, a minha história é muito parecida com a sua, podemos conversar? Eu não tô consigo conviver com isso e preciso de alguém que me dê uma luz

    • já estava com essa pessoa que me passou 3 anos, foi o meu primeiro parceiro sexual,ele me maltratava e ameaçava e loga, a historia .agora estou com 29 anos e convivo com herpes genital 9 anos e 7 meses .meu n 91 98387-4150 estou sem zap

  5. Olá Edu

    Vi que alguém postou sobre ter tido herpes no pé também.
    Eu tive herpes no pé e no dedo da mão na mesma semana que apareceu no genital e tive recorrências nos três lugares. A médica infectologista que fui disse nunca ter visto isso, eu já li em alguns lugares que no pé é a genital que percorre o nervo. A da mão que não achei muita coisa mas talvez tenha pego porque toquei as feridas da primo infecção genital pois não sabia o que era. Pretendo ir em outros médicos para ter mais opiniões.
    Você já leu alguma coisa à respeito disso?

    • Oi Julia, isso tbm aconteceu comigo uma coceirinha, no pe, no braco e na barriga, porem passa e cicatriza logo, de acordo com o edu no pe e no braco não eh comum do virus, porem e preciso observar e procurar outro medico talvez

    • Oi Julia,

      Sim já li a respeito, por isso posso te dizer que isso é uma coisa bem incomum.
      É bem raro a infecção por herpes nesses locais.
      Mas não é impossível se existir uma “porta de entrada” para o vírus, como um machucado na pele ou fissura.
      Abraços,
      Edu

  6. Entrei me cadastrei tbm : ) parece estar no começo mesmo muitos com HIV e depresao poucos com herpes foto ainda nao tenho coragem de divulgar tenho herpes tipo 2

    • Pois então, minha medica me passou ela pra tomar pra controlar e ter menos crise de herpes, mais ainda não tive coragem de comprar e de tomar ela.
      To com medo, to tentando um horario com minha medica dermatologista pra ver o que ela acha, oh entao passar por outro medico. Abraços.

      • Oi Casilva,
        Não entendi direito, como assim sua medica te passou a vacina, pois pensei que a mesma ainda estava em estudos.
        Podeira me explicar qual medicamento sua médica passou, fiquei curioso agora.

        Abraços.

      • Oi Luiz, Minha medica me passou uma vacina que chama anti-herpetica ela so vai diminuir as recorrencias, não é essa que eles estao falando que esta em teste. So que essa que ela me passou você tem que tomar ela por 4 meses uma dose por semana. Mais sexta fui no infectologista ele me passou tomar aciclovir 200mg de manha e 200mg a noite durante um ano. To fazendo dessa forma. Ele me falou da Farmácia Popular passei lá pra comprar lá sai mais barato sai R$ 0,28 por comprimido, achei que compensa comprar lá. Só precisa levar o Pedido do Exame.

  7. Oi edu, li seu livro e gostei muito das explicações, porem fiquei com uma duvida, VC diz lá que aos poucos diminuiu a dosagem do tratamento supressivo, chegando a tomar somente 1 aciclovir por dia, VC continua ate hoje com essa minima dosagem para diminuir o risco de transmissão?? desde já agradeço

    • Oi Sol,

      Eu comecei a fazer tratamento supressivo pra diminuir as chances de transmissão assintomática porque eu só tive uma crise e bem leve. Comecei tomando aciclovir de 400mg um pela manhâ e outro a noite com 500mg de lisina. depois passei para dois comprimidos de 200mg (um pela manhã e outro à noite) com 500 mg de lisina e hoje tomo somente um comprimido de 200mg pela manhã com 500mg de lisina. Desde comecei o tratamento nunca tive crises. Já pensei em para de tomar o aciclovir e continuar só com a lisina, mas ainda não tive coragem.
      Boa sorte.

      • Entendi CApitu, essa doença me deixa muito ansiosa, não sei ainda se precisa rei fazer o tratamento supressivo, pois ainda estou na minha primeira crise 40 dias já se passaram e 5 caixas de aciclovir dia 2 tenho consulta com um infecto, vamos ver o que ele me diz, mais não pensarei 2 vezes se eu precisar do tratamento supressivo. Obg

      • Oi capitu, eu faço o tratamento supressivo 2x400mg por dia, mas mesmo assim, sempre depois de uma relação observo q abre um cortizinho na entrada da vagina de mais ou menos1cm. Isso acontece com vc?

  8. Eu tbm tenho herpes tipo 2 e ultimamente minha vida se tornou um inferno ja nao sei mais oque fazer perdi as esperanças..a vida ta difiçil viu

  9. Queria encontrar um grupo do whatsapp para conversar sobre essa doença nao tenho ninguem pra conversa sobre isso,tenho herpes desde 2013 e ultimamente to entrando em depressao por causa dessa doença que me tirou toda a vontade de viver.
    Gente foco ,força e fé pra gente que encontra um motivo pra continuar todo dia.
    Abraço a todos

    • Oí amigos.. estou muito consciente.
      Tenho un grupo por WhatsApp e convido a todos que queiram participar. 0050762549594. Espero a todos. Ante sheila

    • Leo,

      Também estou mal por causa da doença, faz 1 ano que peguei e não consigo me conformar pois foi meu ex que passou, me senti muito enganada, confiava nele. Tenho o mesmo sentimento de que a vida acabou porque não acho que vou encontrar alguém que me aceite com essa doença e fiquei com medo de ter filhos, acho que vou ficar sozinha pro resto da vida por causa da doença. Parece exagero mas o sentimento é real, já pensei em fazer terapia. A sensação de ter uma doença contagiosa e que não tem cura é angustiante.
      Cada um tem um jeito de lidar com isso, tem pessoas que não ligam e conseguem viver como se nada tivesse acontecido (inclusive meu ex era assim) eu infelizmente não consigo aceitar. Parece que não sou mais a mesma pessoa, me sinto uma estranha, parece que não sou mais eu. Tinha alegria de viver, sonhava em casar e ter filhos e agora perdi as esperanças.
      Sonho com a cura mas parece que está tão distante e ainda tem aquela suspeita de que a indústria farmacêutica faria de tudo pra impedir pois deixaria de lucrar milhões.

      • nem fala isso, tbm sonhava em ter uma familia agora nao sei mais nem oq pensar 😦 é difiçil sonhar quando as vezes a minha vontade é de nem acorda.

      • Leo e Júlia, não percam as esperanças de construir uma família! Tenho herpes genital há 10 anos, com reincidências super frequentes e mesmo assim tive namorados maravilhosos na minha vida que aceitaram a doença. Quanto a ter filhos, li um artigo americano há pouco tempo dizendo que uma em cada quatro mulheres grávidas nos EuA têm HG!!!! Se fosse tão perigoso assim, uma em cada quatro crianças também teriam problemas advindos do herpes. Apenas Eh recomendada a cesariana. A vida não acabou, gente! Sejamos mais fortes que o vírus! Torço por vocês! Abraços

    • Oi Rose,

      Na verdade esses artigos falam sobre a mesma vacina.
      Está sendo desenvolvida pelo Dr. Jacobs.
      Sim…. é bem interessante. Pena que ainda vai demorar um pouco os testes em humanos, mas a perspectiva é boa.
      Obrigado pelos links.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  10. Ola, gostaria de saber se alguém já teve uma crise de candida e de herpes ao mesmo tempo e se isso é comum, estou angustiada por que estou sentindo os sintomas de candida, mas c medo de tomar a medicação e ser uma de herpes e piorar o quadro.

    • Oi Fafa quase sempre acontece comigo, crises duplas de herpes e Cândida deve ser Pq o sistema imunológico tá fraco ai elas vem com tudo, eu costumo tratar só a herpes com penvir e a Cândida vai sumindo.

      • Alho cru (melhor ainda), com as refeições ou antes de ir dormir, ou se preferir suplemento de alho (em jejum logo depois de acordar), pois este não tem o forte cheiro. Também tome chá de gengibre e consuma iogurte natural. De vez em quando, um limão com aguá, sem açúcar, é claro. Aliás, a cândida adora açúcar, tente evitá-lo. Com isso, você nocauteia a cândida e também fortalece o combate ao Herpes. Abraços.

  11. Boa noite a todos
    Eu estou muito feliz de encontrar pessoas aqui com o mesmo problema que o meu. Eu tenho herpes genital a 12 anos e vendo sofrendo muito. Ja fiz de Tudo Mas não cura. Hoje eu tomo enax e melhorou bastante. Eu espero que um dia apareça cura

  12. Olá pesssoal, tive minha primeira crise de herpes dia 30 de janeiro, desde então foram muitos remédios e hoje, graças a Deus, não tenho lesões. Faço tratamento supressivo com penvir 250/2 ao dia, tomo lisina 500/3 x ao dia e vitamina C, além de vitaminas. Apesar de não ter lesões, mas sempre sinto o virus, pele sensível, algumas vezes algumas pontadas. Isso é chato pra caralho, mas minha vida sexual apensar de ter mudado muito, consigo ainda ter, faço sexo com camisinha e de cueca, as vezes até de camisa para proteger as áreas, mesmo sem lesão. Assim, eu nao tenho transmitido. Faço isso pois o virus em mim não tem localidade certa, iniciou na base do pênis e teve apenas duas lesões no corpo do pênis na primo infecção,para depois acometer a região da virilha, coxa. Eu queria saber como vcs fazem em relação a toalhas, se vcs se enxugam com a mesma toalha sempre? Tipo, quanto tempo o virus pode sobreviver numa toalha, tipo caso eu venha a me enxugar, mesmo sem lesões , quanto tempo vou poder usar essa toalha para um outro banho, ou já preciso botar para lavar?

  13. Boa noite … Me chamo Beth, sou carioca, tenho 28 anos e tenho herpes genital a 6 meses … Gostaria de deixar meu email ( beth.betty@yahoo.com.br ) pra trocar experiência, fazer amizades pois esta sendo muito difícil passar por isso sozinha…
    Edu, parabéns pelo espaço! Abraço.

  14. Qual o melhor médico em caso de reincidências? Ginecologista, imunologista, dermatologista?
    Li vários comentários de pessoas q foram a imunologista se gostaria de saber o resultado.

      • Olá Edu, tenho herpes a 1ano e 4 meses. Tenho muitas recorrências, nunca
        tomei remédio, meu médico me diz que preciso melhorar minha rotina. Falei com ele que tento, mantendo uma alimentação boa, dia proveitoso, etc… Mesmo assim como focar bem sabendo que tem um vírus, que no meu caso, reaparece até 2 vezes ao mes. Crises fracas que algumas vezes, só vejo uma parte pouco vermelha. Gostaria de seguir o pedido do médico, mas tantas recorrências dificultam minha vida, talvez a preocupação, ansiedade de uma nova crise tão previsível, dificulte o fortalecimento do meu corpo, não sei. O informei que nesse período da herpes nunca tive um resfriado, e que fui atleta e que hoje.continuo. Com rotina parecida, dando a entender que minha humanidade está.sempre boa e ele disse que foi apenas sorte. Em penultima consulta, disse que por diminuir a agressividade, é sinal da defesa se adaptando ao vírus que com o tempo iria só dimunuir. Edu o que poderia fazer, apesar de gostar do direcionamento do medico, não suporto essas recorrências tão frequentes. Procuro outro médico, tento controlar essa ansiedade e preocupação sobre as recorrências? Obrigado pela força Edu!!

      • Oi Flávio,

        Ninguém merece crises frequentes. Sei bem como é isso.
        Na minha opinião acho que você deveria entrar em um tratamento supressivo por um tempo sim. E isso aliado ao controle do stress, bom sono, boa alimentação, exercícios moderados é o que basicamente faz a diferença.
        Temos que cuidar para não entrar no ciclo vicioso de crises que geraram stress e o stress que gera mais crises, e assim por diante.
        Por isso o controle emocional e mudar a perspectiva de como vemos essa doença é tão importante.
        Um abraço
        Eduardo Rosadarco

  15. Oi, estou tirabdo muitas duvidas aqui, desde sexta dia 05/06/15 quando recebi o resultado do exame venho atras de.informacoes, estou com muito medo, confusa mas ja tenho um ponto positivo que eh o controle alimentar que sempre fiz…..minha primeira crise da qual me fez ir em busca de um medico foi bastante dolorosa

  16. Olá, descobri essa semana que sou portador de herpes. Começou a aparecer as bolhas em fevereiro e depois tive recorrências bem pequenas. Hoje não tenho bolhas mas um desconforto ao urinar. Estou passando aciclovir creme, mas meu médico não receitou comprimidos e mandou q levasse uma vida normal. Estou no caminho certo?

    • Oi Gustavo,

      Se suas recorrências são pequenas e não muito frequentes, então talvez nem seja necessário tomar o aciclovir mesmo. Aí vai depender de como o vírus se comporta no seu organismo e o quanto ele te atrapalha.
      Qualquer coisa, recomendo o meu livro se você vier a ter crises frequentes ou quiser aprender tudo sobre esta doença.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

  17. Olá! tbém estou nessa luta desde 2009…….vi aqui nesse site, uma esperança e um conforto ao ler os relatos de pessoas que assim como eu, se desesperam a cada crise……
    quem já se cadastrou no site de relacionamento, sabe dizer se é pago?

      • olá!
        tenho crises seguidamente…já tentei pomadas, antivirais, lisina, equinacea, mas nada resolveu, o maior periodo que fiquei sem herpes foram 3 meses….o que percebi é que quanto mais eu penso nesse problema, quanto mais eu tento achar a solução para evitar as crises, mais aparece, melhora de um lado, aparece em outro….mas como não pensar?

      • Cersei, quem sabe um tratamento supressivo não te ajude, VC tomaria os antivirais todos os dias por um tempo,

  18. ESTÁ difícil, tenho herpes a 1ano e.meio e meu.médico ainda bate na tecla que.devo melhorar minha rotina, mas sempre a.mantive muito bom, alimentação, exercícios, bom sono,etc. Ele mão.me passa supressivo, tenho muita dificuldade emocional para controle e penso em tomar esses remédios.para diminuir as crises,. Tenho uma boa saúde, tirando essa droga de.vírus. Como posso admk B istrará esses remédios?

    • Oi Francisco,
      Na minha opinião, se mesmo controlando bem sua alimentação, exercícios e sono, você continua tendo muitas crises frequentes, então se eu fosse você eu tentaria um tratamento supressivo com aciclovir por um tempo.
      Outras recomendações que posso te dar são tomar um suplemento de vitaminas e quem sabe vc também não faz um teste com a lisina…. ha… e o controle do stress emocional é muito importante também.
      Abraços,
      Edu
      http://www.dosustoaosucesso.com

  19. Caro amigo Eduardo tenho herpes ja tem 20 anos e gostaria de adquirir o seu livro falei através de mensagem no face o qual está no meu Perfil Mirinho de Irajá Marques.Quem gostar de fazer amizades como um bom Carioca e só me procurar no Facebook Mirinho de Irajá Marques estou de chapéu com uma carreta ao lado.Gostaria de negociar o livro.Grato pela atenção…

  20. Oi boa noite. Descobri recentemente que tenho herps g alem do hpv que já tinha ha mais tempo. Tomei remédio já faz 2semanas a medica disse que ta a lesão seca porem a duração e de 20 dias e pode ter novos episódios … Agora ta com um pouco de sangramento e normal? E da vontade de urinar sempre? Já chorei, fiquei desesperada ,triste decepcionada com muito medo … To tomando remédio p dormir …. Só tenho o apoio de uma pessoa … Não sei sobre a questão de emprego de concurso nada…Parece que tudo p mulher e pior o julgamento a discrimnacao …. Pra homem não pega tanto …. Sociedade hipócrita machista preconceituosa … Todos em algum momento na vida comete um erro ou vai errar …. Quem le, espero que não cometa… Bjs

    • Oi Tais,
      Espero que você melhore logo.
      A primeira crise costuma ser bem mais forte e por isso demora mais para sarar. O nosso corpo ainda está criando os anticorpos para combater o vírus nesta fase.
      Na minha primeira crise também tive sintomas bem diferentes como por exemplo dor ao urinar, depois nunca mais tive isso nas recorrências.
      Eu também fiquei arrasado quando descobri isso há muito tempo atrás. Achei que nunca iria achar uma namorada que me aceitasse com herpes genital e que iria ficar sozinho para sempre.
      Por um tempo realmente eu deixei isso me afetar bastante… depois eu consegui me adaptar e superar isso como conto no meu livro.
      Desejo muita força para você.
      Abraços,
      Eduardo Rosadarco

      • Oi Lolo,

        Só se exagerar demais ao ponto de debilitar o organismo.
        Se for moderado, na minha opinião, não vai influenciar muito para a reativação do vírus.
        Porém cada pessoa tem uma reação diferente. Pode ser que para alguns um pouco de álcool já não faça muito bem.
        att
        Eduardo Rosadarco.

    • Oi Maria,
      Apesar de que na minha opinião não devemos nos limitar a somente se relacionar com quem tem herpes genital, o seu blog pode ser bem interessante para fazer amizades e com certeza namoros.
      Espero que vc tenha sucesso…
      Depois posto um comentário lá.
      Abraços,
      Edu

      • Boa Noite Edu,
        Desculpa, acabei comentando logo abaixo o mesmo tópico. Concordo com você quando diz que os relacionamentos não devem se prender apenas a pessoas que tenham o mesmo diagnóstico, é tanto que num post falo sobre isso, acho apenas que em algumas situações isso facilita um pouco. Agradeço a sua atenção.
        Maria Flor

  21. Sou gay (muito discreto) e estou à procura de um namorado na mesma situação que eu. Tenho 27 anos, sou atraente, independente e procuro pessoas de qualquer parte do país para um relacionamento longo. Meu contato é garotohsv@gmail.com
    Agradeço o espaço desse site.

  22. eu tinha crise toda semana medica me receito comprimido 250mg lisina 100mg vitamina e 100mg vitamina tudo junto num comprimido tomo quatro por dia as crises diminuiram 95 por cento foi o que me deu um pouco de paz

  23. Olá, tenho Herpes Genital e já me consultei e tals está confirmado, tenho herpes. Mas na ultima vez q fui ão medico ele disse esta praticamente sarado e até suspendeu o remédio. fui no medico a 3 semanas atras. Mas só que ja diminui muito realmente ja esta ” praticamente sarada “. Mas ainda continua um pouco vermelho em algumas regiões do pênis, é tipo um vermelho bem claro, as vezes penso q está cicatrizando ou algo do tipo. Esse vermelho é normal ? Pfvor me respondam.

    • Oi Enzzo,
      Esse vermelho pode indicar que está surgindo uma nova crise, ou também pode ser uma marca de cicatrização depois que sarou.
      É difícil dizer por aqui. Com o tempo vc irá reconhecer bem os sintomas em você.
      Abs
      Edu

  24. Oi Samara,
    A primeira coisa que eu faria se estivesse com crises muito frequentes seria um tratamento supressivo com aciclovir.
    No mais, tem muitas dicas que escrevi aqui no blog ou no meu livro para aliar e diminuir a frequ~encia do vírus.
    Abraços,
    Edu

  25. olá pessoal , me chamo joão e exatamente no dia 27 de setembro de 2016, tive uma relação sexual com uma pessoa , pela segunda vez, pois na primeira vez não houve contaminação. Porém nessa segunda vez rompeu o preservativo , infelizmente, dias após senti dores de cabeça , dores na lombar e dores ao urinar, como também percebi que havia uma coceira que se tornou pequenas bolhas na lateral do pênis. Como não sabia o que era , achei que era hpv e por falta de informação , tentei usar remédios caseiros para estourar as “verrugas”, quase contamino pessoas ao meu redor sem querer. O problema é que sou casado e nesse caso fui ter , infelizmente, uma relação extraconjugal com essa pessoa que conheci em redes sociais. Ao ser diagnosticado, fiquei ainda perdido, pois o medico não esclareceu a situação, apenas disse que seria herpes. Eu achando que seria algo curável, saí do consultório bem confiante, mas ao chegar em casa e pesquisar sobre o assunto, entrei em desespero ,pois vi que é uma contaminação até o momento incurável e com seguidas recaídas. E agora ? como contar ? o que fazer ? então pedi muito perdão ao nosso Deus pois ele me deu uma esposa maravilhosa e uma família linda, mas eu dei brecha para a ação do inimigo e caí nessa armadilha. Então resolvi contar , pois eu não tinha o direito de continuar colocando a vida de todos em risco. Falei com ela e foi um choque, um desespero, mas após alguns dias de conversa ela me perdoou e está comigo p o que der e vier, mesmo ainda estando muito decepcionada e chorando constantemente porque ainda pesa muito a traição, isso ela está tendo dificuldade de superar. Ainda vou fazer os exames , pois como foi recente a relação acho que devo esperar um pouco mais para fazer os exames completos. Edu, minha dúvida é seguinte: ainda estou na primeira crise, tomando aciclovir, porém cicatrizou rápido mas sinto incomodo na região anal ou na próstata , não sei ao certo. isso é normal ?? e como não transmitir a minha esposa durante o sexo oral (eu sendo o ativo) ? há possibilidade ? tenho 2 filhos e já orei muito a Deus para que essa chaga não passe para mais ninguém da minha família. Oremos, e vigiemos, pois infelizmente o inimigo está ai para destruir as famílias. eu caí nas suas armadilhas por fraqueza e peço a Deus só forças para seguir , fé e paciência para que um dia nossa cura seja descoberta. Que Deus abençoe a cada um e obrigado pelo espaço.

  26. olá pessoal , me chamo joão e exatamente no dia 27 de setembro de 2016, tive uma relação sexual com uma pessoa , pela segunda vez, pois na primeira vez não houve contaminação. Porém nessa segunda vez rompeu o preservativo , infelizmente, dias após senti dores de cabeça , dores na lombar e dores ao urinar, como também percebi que havia uma coceira que se tornou pequenas bolhas na lateral do pênis. Como não sabia o que era , achei que era hpv e por falta de informação , tentei usar remédios caseiros para estourar as “verrugas”, quase contamino pessoas ao meu redor sem querer. O problema é que sou casado e nesse caso fui ter , infelizmente, uma relação extraconjugal com essa pessoa que conheci em redes sociais. Ao ser diagnosticado, fiquei ainda perdido, pois o medico não esclareceu a situação, apenas disse que seria herpes. Eu achando que seria algo curável, saí do consultório bem confiante, mas ao chegar em casa e pesquisar sobre o assunto, entrei em desespero ,pois vi que é uma contaminação até o momento incurável e com seguidas recaídas. E agora ? como contar ? o que fazer ? então pedi muito perdão ao nosso Deus pois ele me deu uma esposa maravilhosa e uma família linda, mas eu dei brecha para a ação do inimigo e caí nessa armadilha. Então resolvi contar , pois eu não tinha o direito de continuar colocando a vida de todos em risco. Falei com ela e foi um choque, um desespero, mas após alguns dias de conversa ela me perdoou e está comigo p o que der e vier, mesmo ainda estando muito decepcionada e chorando constantemente porque ainda pesa muito a traição, isso ela está tendo dificuldade de superar. Ainda vou fazer os exames , pois como foi recente a relação acho que devo esperar um pouco mais para fazer os exames completos. Edu, minha dúvida é seguinte: ainda estou na primeira crise, tomando aciclovir, porém cicatrizou rápido mas sinto incomodo na região anal ou na próstata , não sei ao certo. isso é normal ?? e como não transmitir a minha esposa durante o sexo oral (eu sendo o ativo) ? há possibilidade ? tenho 2 filhos e já orei muito a Deus para que essa chaga não passe para mais ninguém da minha família. Oremos, e vigiemos, pois infelizmente o inimigo está ai para destruir as famílias. eu caí nas sua cura seja descoberta. Que Deus abençoe a cada um e obrigado pelo espaço.as armadilhas por fraqueza e peço a Deus só forças para seguir , fé e paciência para que um dia nossa cura seja descoberta em nome de jesus.

  27. Ler esses comentários me confortou de certa forma,descobri a herpes genital no meio do ano de 2016 logo depois de ter voltado com meu ex,achei que fosse a unica pessoa no mundo com isso,me senti pessima,hoje faço uso do acivlovir sempre q tenho um surto de herpes.

    • Oi Patrícia,
      Cuidado com grupos no Whatzap. Dá até para participar, mas pode ter pessoas com outras intenções e a privacidade não é garantida.
      Por isso muita cautela com as informações compartilhadas.
      Abs

  28. Olá boa noite eu tenho herbes genital a mais ou menos 20 anos mais só descobri agora sabia que tinha algo errado comigo por isso me afastei de tudo fico mais em casa só vendo tv e filme não tenho ânimo pra nada trabalho por nescecidade porq tenho que sobreviver mais já tô perdendo a vontade de viver já tô pensando em me matar não me aproximo de ninguém e não deixo ninguém se aproximar de mi não tenho com quem falar pois tenho medo que as pessoas vão pensar por ter uma doença que não tem cura nuca tomei nada tenho crize de vez enquando mais o que mais me encomodar é essas coseras tenho sempre elas não passa se acalma um pouco mais logo depois volta não sei mais o que fazer acho que a vida pra mim chegou mesmo no fim desculpa tá desabafando assim mais guardo tudo pra mim ninguém da minha família saber talvez por isso que eu teja falando tanto

    • Oi Jaqueline,
      Eu entendo como vc se sente. Isso pode abalar agente mesmo. Porém vc precisa reunir suas forças para superar isso.
      Essa doença não é tão grave como parece e pode ser muito bem controlada.
      Se vc não fez, é preciso ir ao médico para ele dar uma olhada nessa sua coceira… ela pode ser derivada da herpes genital porém também pode ser um fungo ou bactéria. Por isso é importante verificar.
      Como eu sempre digo por aqui… a herpes genital na maioria das vezes nos afeta muito mais psicologicamente do que fisicamente, mas com alguns ajustes da nossa parte, é possível viver normalmente e inclusive sem transmitir para ninguém. Por isso eu sinceramente espero que vc fique melhor. Não eleve demais a seriedade desta doença na sua mente.
      Abraços,
      Edu

      • Não é o fim do mundo, é como se fosse uma gripe comum basta tomar os anti virais uma dica usar diariamente o sabonete dermacid todos os dias na parte genital q o viros não se espalha.

  29. Caros, sou jornalista e estou em busca de personagens (mulheres) que tenham contraído sífilis, herpes ou clamídia, para uma matéria da revista Marie Claire.

    Não vamos identificar os nomes das personagens. Elas só precisam contar como contraíra, diagnosticaram, trataram a doença.

    Fica meu contato: khollo.colaborador@edglobo.com.br

    Torcendo pela indicação de personagens,

    Karina

  30. Boa tarde Edu!
    Ontem 28/09/2017 fui diagnosticada com esse vírus maldito!
    Perdi totalmente o meu chão, tenho apenas 24 anos e parece que a vida acabou para mim.
    Vou comprar seu livro com toda certeza! Pois estou pesquisando bastante, mas não sei nada sobre essa doença.
    A minha pergunta é, eu posso ter relacão sexual sem camisinha sem crises? ou mesmo sem a crise eu posso contaminar alǵuem também?
    e em quanto tempo se pega esse vírus?
    eu tinha um parceiro, e nos separamos tem um tempo, quando estava com ele, me aconteceu algo estranho, apareceu a bolha e logo estourou e ficou um machucado, ele me remendou aciclovir e disse que era normal. Aconteceu duas ou três vezes enquanto estávamos juntos!
    Agora estou me relacionando com outra pessoa, usavámos camisinha, mas de uma semana pra cá não usamos.. e essa semana apareceu as bolhas, a dor e dor ao urinar! Agora estou na dúvida, se peguei do meu ex, ou dessa pessoa que estou agora! Pois não sabia da existência dessa doença em mim, pois assim que apareceu dessa vez que fui ao médico e fiz o exame de sangue para confimar, e deu reativo! 😦
    Queria muito saber se esses sintomas só sentimos na primeira vez, ou as vezes a primeira vez é mais tranquila!
    Aguardo ansiosa a resposta! Abraços!

    • Oi Nat,
      – Infelizmente existe um pequeno risco de transmitir mesmo sem sintomas ou crises (transmissão assintomática) segundo alguns estudos. O que a gente sabe é que quando o vírus está no estado latente (dormente) ele realmente não transmite, porém pode existir casos em que ele está ativo mas não causa sintomas mas mesmo assim pode estra presente na pele. A chance disso ocorrer é bem baixa. Então vai da escolha entre vc e seu parceiro de saber administrar esse risco. Eu não uso preservativo com minha esposa e até hoje ela nunca pegou.
      – pela sua descrição é quase certo que vc pegou do seu ex e não do parceiro que está agora.
      – Varia muito… muitas pessoas tem uma forte primeira crise (como foi meu caso), e outras não. Alguns só descobrem isso muito tempo depois. Acredito que varia muito por causa do sistema imunológico de cada um.
      Abraços,
      Edu

  31. Edu, estou deixado a minha pequena historia,já convivo com herpes H 9 anos e 7 meses eu nunca cometei com alguém sobre H.G, na verdade só com uma enfermeira ela não deu á maior importancia só agora posso desabafar através do seu blog, eu nunca tomei medicação p/ H G só traso com camisinha,sem ás feridinhas,é não me compromento S com alguém por causa da H.G quero namorar rapazes com o mesma situação,tenho 29 anos ,sou de Belém do PA bjss bb

  32. ola boa noite,convivo com a herpes a 6 meses,e queria mais contato com pessoas na mesma situaçao.
    deixo aqui o whats interessados em terem um grupo e so chamar obrigado
    31 987393134 sergio

  33. Bom Dia!
    Tenho herpes há mais ou menos dois anos, no início fiquei bastante preocupada pois no dia da consulta o médico não me tratou muito bem e nem me explicou de forma correta do que se tratava a doença… saí do consultório chorando,pois imaginava se tratar somente de uma assadura e no final se tratava de herpes genital. Eu costumo ser muito positiva ao lidar com problemas e fui pesquisar um pouco mais sobre a doença, fiquei preocupada? Claro que fiquei,mas acredito que os problemas tem tamanho referentes a proporção que damos à eles… a herpes é uma doença altamente contagiosa e muita gente tem, não é algo para ser julgado,no momento em que se relaciona com alguém está é um risco que corremos e se acontecer o jeito é lidar com isto da melhor forma possível,a vida segue… Muitas pessoas convivem com doenças assim diariamente: rinite, sinusite, asma,bronquite,problemas cardíacos, diabetes,conjuntivite crônica… sei que nestes casos estou falando de doenças intrínsecas das pessoas, porém estas tem que conviver com isto suas vidas inteiras, se medicando,tomando certos cuidados… pq com a herpes é diferente?Assim como uma pessoa com problemas de visão, ela tem que conviver com o óculos diariamente… A herpes não é o fim do mundo, você ainda conversará, assistirá a shows, jogará futebol, assistirá netflix, beijará na boca, e pq não fazer sexo? é vida que segue, com cuidados, mas normal,Beijos a todos!

  34. Meu nome e matheus quero conhecer pessoas que tenhatenha herpes pois acho mais fácil de iinteragir e quem sabe um relacionamento.. Me botem no grupo fazendo favor ou me chamem no zap. 021/ 99733-6579..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s